12 de agosto de 2020
Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

Notícias » Biografia

26/10/2008

Pr. José Alves: os passos de um homem bom

Grande homem de Deus, o ministro foi reconhecido pelo belo trabalho que fez por onde passou


Pastor José Alves foi um dos grandes homens de Deus

A trajet?ria terrena do pastor Jos? Moraes Alves pareceu curta, mas um fato ? certo: a vida dele foi suficiente para coloc?-lo na galeria dos grandes homens de Deus em Alagoas. Ele nasceu em Murici, interior do Estado, no dia 15 de abril de 1935. Era filho de Manoel Francisco Alves e de C?cera Moraes Alves.

Durante a inf?ncia, Jos? Alves aprontou muito, segundo relatos dos familiares. Ele morava em um s?tio e pr?ximo ao rancho vivia um senhor muito amigo dos seus pais e que criava camar?o pitu e cultivava hortifrutigranjeiros. Costumeiramente o menino fazia um fogo escondido e pegava os camar?es para comer frito. As frutas tamb?m n?o demoravam muito tempo por causa das travessuras dele.

A ?nica recorda??o dele quando jovem era de que era preso ao v?cio de fumar. A liberta??o veio somente quando Jos? Alves teve um encontro com Jesus por volta de 1950. Ele morava na Ch? de Bebedouro e at? os dias atuais o irm?o que o conquistou para Cristo vive para contar a hist?ria. O batismo com o Esp?rito Santo aconteceu em 1958.

Quando foi morar na Rua Marqu?s de Abrantes, em Bebedouro, conheceu a mulher da vida dele, Maria da Concei??o Correia Alves. O casamento aconteceu em Macei? e da uni?o vieram dez filhos: Eliane, Elias (falecido), Elizete, Edja, Edjane, Edson, Regina, Ester, Eliene e Eliv?nia. Dos herdeiros, surgiram treze netos e mais tr?s bisnetos.

Jos? Alves sempre foi muito aplicado aos assuntos crist?os. Por conta disso, foi logo separado para auxiliar da igreja. Os familiares recordam que ele nunca serviu a Deus como di?cono, passou logo para o presbit?rio. A consagra??o ocorreu na gest?o do ex-pastor presidente Ant?nio R?go Barros, de saudosa lembran?a.

Neste tempo, ele gostava muito da companhia do irm?o Aur?lio Buarque. Os dois faziam sempre um culto no conjunto Sa?de, em uma localidade apelidada de Curralinho.

O bom desempenho como presb?tero o levou a ser evangelista e pastor. Em 1965, mudou-se para Penedo, o primeiro campo a ser cuidado por Jos? Alves. Encontrou a igreja com 15 membros, os demais estavam cumprindo disciplina por desobedi?ncia.

A fam?lia revelou que a regi?o era muito pobre e por muitas vezes passaram momentos de aperto financeiro. Eles contam que um dia, Jos? Alves foi levar a santa ceia para uma irm? em Junqueiro. Saiu de casa apenas com o dinheiro da passagem e n?o teve condi?es de deixar o mantimento para o almo?o.

Neste per?odo, perto da refei??o, chegou visita na casa do pastor. A esposa pediu para a irm? dela, Sebastiana, fazer uma ora??o no quarto enquanto colocava a panela apenas com ?gua no fogo. As duas se revezavam nos per?odos de intercess?o. Por volta das 12h30 chega o irm?o Carreiro, muito amigo da fam?lia, com uma feira completa. O destino era a casa do pastor.

Em outra ocasi?o, o pastor Jos? Alves precisou viajar e mais uma vez os arm?rios estavam vazios. Sempre confiantes na provid?ncia divina, os parentes se uniram em ora??o na galeria do templo e foram surpreendidos com a visita do jovem Neemias, afastado do Evangelho e funcion?rio do Banco do Nordeste. O detalhe ? que ele estava ali para pagar o d?zimo. A quantia foi suficiente para cobrir as despesas.

O templo onde aconteciam os cultos foi totalmente reformado pelo pastor. A fam?lia precisou se mudar para a casa de uma irm? enquanto a reforma era executada. Como as paredes do antigo espa?o foram demolidas, a metralha foi aproveitada no alicerce.

Neste campo, Jos? Alves evangelizou todos os povoados que p?de, sempre a p?. Ergueu novos templos e trabalhou muito com a juventude, sempre na organiza??o de eventos.

S?O MIGUEL DOS CAMPOS

A segunda regi?o que recebeu os cuidados do pastor Jos? Alves foi S?o Miguel dos Campos. Os munic?pios de Feira Nova (atual Teotonio Vilela), Luzi?polis e Jequi? da Praia tiveram os trabalhos de evangelismo iniciados com a gest?o do ministro.

O belo servi?o rendeu a ele o reconhecimento de toda a popula??o. Os vereadores da cidade o homenagearam com o t?tulo de cidad?o honor?rio miguelense.

O templo que ainda hoje ? utilizado pela igreja em S?o Miguel dos Campos foi reformado por Jos? Alves. A fam?lia recorda que o pastor n?o media esfor?os para ajudar aos irm?os desempregados. ?Ele sempre fazia compras no fim do m?s e dividia com os mais carentes?, disse Eliane Correia, filha do ministro.

Jos? Alves tamb?m gostava muito de organizar grandes festas no munic?pio. Para isso, montava uma grande estrutura e dividia as tarefas. O desfile no dia 7 de Setembro ? iniciado na gest?o do pastor Alves ? at? hoje ? um sucesso na cidade.

ACIDENTE

Pastor Jos? Alves, a esposa, o motorista e mais duas irm?s viajaram, em janeiro de 1983, para Vit?ria, no Esp?rito Santo, onde participaram da Conven??o Geral da Assembl?ia de Deus no Brasil. V?rios pastores preferiram ir de avi?o, mas Jos? Alves decidiu seguir viagem em seu carro, um Opala azul. Vale ressaltar que Maria da Concei??o Alves nunca havia deixado o Estado no carro do marido.

Quando o evento acabou, no dia 21 de janeiro, os cinco decidiram passar no Rio de Janeiro. A inten??o era conhecer a capital carioca.

No entanto, por volta das 5h, num trecho de rodovia pr?ximo ao munic?pio de Tabor?, no Rio, um dos pneus do ve?culo do pastor teria estourado, o carro passou para a contram?o e colidiu fortemente com um caminh?o carregado com 14 toneladas de cimento. A batida teria ainda incendiado o Opala, deixando-o totalmente destru?do.

Os ocupantes do ve?culo morreram na hora. Eles ficaram presos ?s ferragens. O motorista do caminh?o nada sofreu e relatou que n?o teve como evitar a colis?o. O acidente foi manchete nos principais ve?culos de comunica??o do Brasil.

O fato comoveu a igreja em S?o Miguel. At? o l?der cat?lico do munic?pio fez uma homenagem. Para o pastor-presidente Jos? Ant?nio dos Santos a perda foi irrepar?vel. De acordo com a fam?lia, os dois eram muito pr?ximos e estudaram juntos o curso de Teologia.

As filhas de Jos? Alves relembram que um dia Maria da Concei??o Alves comentou em casa para o esposo que n?o aceitaria ficar vi?va. Jos? Alves tranq?ilizou a esposa garantindo que os dois morreriam juntos.

?Para mim foi uma grande perda, mas para n?s fica o exemplo dele como homem honesto, digno e que colocava Deus sempre em primeiro lugar. O que somos hoje ? resultado do que ele deixou para n?s?, emociona-se Elizete e Eliane Correia.



Thiago Gomes

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria

Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Templo Sede
Av. Moreira e Silva, nº 406, Farol

 

Horário de Cultos

Aos Domingos 09:00h - Escola Dominical

Aos Domingos 18:30h - Culto Evangelístico

As Terças-feiras 18:30h - Culto de Doutrina

As Sextas-feiras 18:30 - Culto de Oracão

Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais