Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

Notícias » Testemunho

15/04/2011

Assembleiano, ex-Calcinha Preta gravará DVD na Marcha para Jesus em Maceió

Berg Lima concedeu entrevista exclusiva ao Portal AD Alagoas


Cantor Berg Lima fala da programação e conta parte do testemunho

Com exclusividade ao Portal AD Alagoas, o ex-vocalista da banda de forr? Calcinha Preta, cantor Berg Lima, divulgou que vai gravar o seu primeiro DVD gospel durante a Marcha para Jesus, marcada para o final do m?s de junho, na orla de Macei?. Os preparativos, segundo ele, est?o na fase final e ap?s louvar para o p?blico durante o percurso no trio el?trico, o cantor estar? com toda estrutura pronta de palco, som e v?deo para a grava??o, na Pra?a Multieventos da praia de Paju?ara. Em entrevista, concedida nesta semana na Reda??o do Portal AD Alagoas, o assembleiano contou parte de seu testemunho, relatando em que momento da vida largou a fama e o dinheiro para seguir a Jesus. Confira a entrevista:

Como foi o in?cio da sua carreira art?stica?

Comecei a minha carreira art?stica desde os meus doze anos de idade, quando dei os meus primeiros acordes no viol?o e comecei a trabalhar da? em diante. Minha primeira banda foi Calcinha Preta, em 2000. Foi neste momento que comecei a saber o que era glamour, fama, status, dinheiro, mas o que mais me magoava era os bastidores. Faz?amos um show para 70 mil pessoas, mas quando voc? entrava no camarim voc? via a realidade. N?o era nada daquilo que a gente passava.

Passou quanto tempo como integrante da banda Calcinha Preta?

Quatro anos.

Sempre como vocalista?

Isso. Eram duas bandas de um mesmo produtor: a Calcinha Preta e o Mulheres Perdidas. Eu fiz parte das duas. Um dia um amigo meu me perguntou por que eu tinha tanto sucesso, era uma banda famosa, mas n?o era feliz. Isso ficou dentro de mim...

E voc? demonstrava para as pessoas que n?o era feliz?

Demonstrava. Eu era compulsivo, incoerente e agressivo. At? ent?o eu tinha S?ndrome do P?nico; eu tinha medo da morte desde os meus 12, 13 anos de idade. Todo mundo vai morrer um dia, n?o ??

Teve algum motivo especial que te levou a desenvolver esta doen?a?

Minha av? sempre me contava hist?rias sobre c?u e inferno, o dia do Ju?zo Final. E isso ficava em minha mente.

Sua av? era evang?lica?

N?o. Morreu na ignor?ncia. Ela falava de tudo, mas n?o falava de Jesus. E o medo da morte come?ou a aumentar de modo que eu n?o sabia conviver na sociedade. Tomava rem?dios, n?o conseguia dormir, tinha ins?nia, pesadelos...

Ent?o tudo o que se referia ? morte te deixava aflito?

Isso. A maioria dos meus amigos de inf?ncia, que cresceram junto comigo, n?o passou dos vinte anos de idade. Eu ouvia vozes que perguntavam para onde eu iria depois que eu morresse. Aquilo era um ?inferno? para mim.

Voc? procurou ajuda espiritual em outros locais?

Catolicismo, Umbanda, Espiritismo, Ocultismo, tudo, menos Cristianismo. E eu queria saber l? de crente.

Era avesso ao Cristianismo?

Com certeza, porque at? ent?o n?o conhecia a verdade. Eu n?o sabia que existia uma lei no mundo de Deus; que n?s nascemos para ador?-lo, para servi-lo. Ent?o eu voltava pior. Buscava esta cura e n?o conseguia.

E o que te aconteceu para voc? se voltar para Jesus?

Eu j? estava com o meu cora??o quebrantado no ano de 2006. Certo dia, fui ? praia, tomei bastante cerveja, a S?ndrome do P?nico me pegou das seis da manh? at? seis da noite. Estava no Centro, j? chegando em casa. Foi quando parei num sinal e escutei o louvor Esp?rito Santo, da Fernanda Brum. Aquele louvor come?ou a falar comigo e eu comecei a chorar. Procurei uma igreja evang?lica, onde tocasse aquele louvor, entrei e apontei para o altar e desafiei Deus se realmente ali era o lugar que Ele falasse comigo. Um rapaz colocou as m?os no meu ombro e disse para que eu parasse de chorar e que eu entregasse a minha vida para Jesus que o medo da morte iria desaparecer. Ele n?o sabia nada da minha vida, mas eu busquei, bati e encontrei a sa?da. Fui para casa. Quando deu cinco da manh? eu senti algu?m sentar na cama. Quando olhei vi uma luz fluorescente; uma voz tomava conta do quarto inteiro e me chamou por tr?s vezes e eu n?o conseguia saber o timbre, porque a gente n?o sabe a voz do Esp?rito Santo. S? sabemos que ? uma voz de paz. E conversou comigo e dizia para eu n?o ter medo de morrer e falei que tinha porque n?o sabia para onde iria. A voz me disse para eu entregar a minha vida para Jesus que este medo iria desaparecer. Ainda me explicou como seria a minha passagem da vida [f?sica] para a vida [eterna]. Disse que seria diferente e que eu iria acordar j? na gl?ria, com os anjos. Eu entendi a mensagem. Eu acordei e comecei a chorar e achei que era muito simples aceitar Jesus. A primeira igreja que frequentei foi a Assembleia de Deus, em Fortaleza. Com o tempo, o medo foi desaparecendo.

A principal mudan?a dentro de voc? foi esta cura interior?

Claro. Tive um verdadeiro encontro com Deus. At? ent?o eu n?o conseguia acreditar, estava com os olhos vedados e depois come?aram a cair as escamas e minha vis?o espiritual foi aberta.

Ainda continuou no Calcinha Preta depois da convers?o?

Eu aceitei Jesus, mas n?o me converti. Durante oito meses ainda fiquei na banda, depois pedi para sair. Eu poderia continuar, inclusive cheguei at? a gravar o DVD, mas larguei.

Voc? deixou a banda por qual motivo especificamente?

Eu j? percebia que ali n?o era mais o meu lugar. Antes eu n?o entendia como era o trabalhar de Deus no meio da m?sica.

E os integrantes da banda sabiam da sua convers?o?

Sabiam.

O que eles comentavam?

Criticavam, zombavam, diziam que Deus era amor e que estava no meu cora??o, apenas. S? que eu respondia com base na Palavra. Eu n?o tinha outro argumento.

Mais algum outro membro da banda se converteu?

Michele Menezes, em outra ?poca e tamb?m saiu da banda. Tiveram mais dois...

Voc? foi o primeiro?

O segundo. Praticamente o Daniel (outro ex-vocalista) e eu fomos na mesma ?poca, s? que ele j? tinha sa?do da banda e eu entrei cinco meses depois. E hoje eu vivo louvando, pregando o evangelho e vendo as pessoas aceitando Jesus...

Voc? continua investindo neste minist?rio da m?sica ou tem outras pretens?es?

Eu sempre vivo o lado espiritual. A Palavra diz "confia no Senhor e o mais Ele far?. Ent?o, Deus me quer fazendo a obra.

Mas voc? deseja continuar no ramo musical?

Com certeza. Foi o louvor que me libertou e tanto que o meu CD contendo meu testemunho est? entrando em muitos lares n?o-crist?os e nas igrejas. E Deus tem aben?oado. Hoje, vivo literalmente das ofertas, vendendo o meu material para me manter.

Qual material evang?lico voc? tem?

CD. Estou agora passando para o segundo trabalho e estou orando a Deus para gravar o meu primeiro DVD aqui em Macei?. Estou sendo cogitado para fazer a Marcha para Jesus e, durante a concentra??o, gravarei o meu DVD. Estou orando e buscando...

O teu estilo musical permaneceu o forr??

Fiz o primeiro CD com adora??o, porque Jesus diz que quem est? em Cristo nova criatura ?; as coisas velhas se passaram e eis que tudo se fez novo. O tempo foi passando e Deus vai te amadurecendo. No primeiro eu queria ver a gra?a de Deus em minha vida e foi o Esp?rito Santo quem me revelou a cor do CD e o estilo da m?sica. J? vendi oito mil c?pias e est? sendo uma b?n??o de Deus. Neste j? coloquei m?sicas de forr? a pedido de muitos jovens de grupos da igreja que acompanham o meu trabalho. Um dia fui ao monte orar e roguei a Deus uma can??o in?dita para as marchas. Recebi uma can??o que ? o tema da Marcha para Jesus e atrav?s deste hino estarei aqui, em Feira de Santana e em S?o Paulo fazer o lan?amento.

Qual a diferen?a de cantar para um p?blico forrozeiro para o evang?lico?

Almas. N?o h? dinheiro que pague quando Deus se utiliza para falar com uma pessoa. Eu busco a revela??o. Todo dia ? uma busca e precisa estar consagrado para que Deus possa te usar.

Em sua profiss?o, voc? se arrepende de alguma coisa?

De n?o ter nascido no evangelho.

Quando mais jovem, teve algu?m que te evangelizou?

Eu tinha dez anos quando entrou um prego enferrujado no meu p?, que ficou muito inchado. Ent?o me levaram para a igreja evang?lica e um rapaz l? passou um ?leo, meu p? esquentou e na mesma hora desinchou; fui curado do t?tano. E este epis?dio ficou na minha mente. S? que eu era ignorante, do interior e n?o dava valor a estas coisas. Mas hoje eu e minha casa, inclusive a minha filhinha que vai nascer agora, serviremos ao Senhor.

Como voc? faz para dissociar a tua voz e a tua imagem da Calcinha Preta?

Eu n?o gosto de ser conhecido como ex-vocalista da Calcinha Preta. Quando me chamam assim est? crescendo o nome da banda e n?o o de Deus. Mas, infelizmente e felizmente ao mesmo tempo, vivemos em um mundo carnal. Hoje ? um atrativo para as igrejas evang?licas uma pessoa que foi do mundo e traz?-la para contar o testemunho. Deus me colocou neste minist?rio para resgatar aqueles que est?o nestas bandas e entendo que cada um tem um chamado espec?fico.

? a primeira vez que voc? vem a Macei? depois da convers?o?

Segunda vez.

Qual a tua programa??o aqui em Alagoas?

Estou atendendo aos convites nas igrejas e s? estou fogando nas segundas-feiras.

Fala um pouco deste projeto do DVD?

J? est? tudo certo. Houve uma revela??o h? dois anos de que Deus iria preparar tudo. Eu n?o iria me preocupar com nada e, realmente, tudo est? tudo sendo providenciado. Deus est? preparando tudo. Estou orando e, se Ele confirmar, vou gravar na Marcha deste ano, em Macei?.



THIAGO GOMES
Rep?rter
Galeria de Fotos
  • Assembleiano, ex-Calcinha Preta gravará DVD na Marcha para Jesus em Maceió
  • Assembleiano, ex-Calcinha Preta gravará DVD na Marcha para Jesus em Maceió
  • Assembleiano, ex-Calcinha Preta gravará DVD na Marcha para Jesus em Maceió
  • Assembleiano, ex-Calcinha Preta gravará DVD na Marcha para Jesus em Maceió
  • Assembleiano, ex-Calcinha Preta gravará DVD na Marcha para Jesus em Maceió

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria

Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Templo Sede
Av. Moreira e Silva, nº 406, Farol

 

Horário de Cultos

Aos Domingos 09:00h - Escola Dominical

Aos Domingos 18:30h - Culto Evangelístico

As Terças-feiras 18:30h - Culto de Doutrina

As Quarta-feiras 10:00h as 17hs - Círculo de Oração

As Sextas-feiras 18:30h - Culto de Oração

Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais