Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

Notícias » Biografia

29/04/2022

Confira a entrevista exclusiva da FATEAL com o pastor e missionário Ivaldo Cruz

O ministro foi jubilado após mais de 30 anos de trabalho na missão transcultural


O pastor Ivaldo Cruz tem uma história de mais de 30 anos dedicados à Missão e é reconhecido em Alagoas e em outros estados do Brasil como um dos grandes nomes da evangelização transcultural. Ao lado da esposa, irmã Fátima Cruz, o ministro já liderou a obra missionária em países como Argentina, Uruguai, Venezuela e Honduras, e também contribuiu com o ensino da Palavra de Deus na Faculdade de Teologia de Alagoas (FATEAL). Hoje, o pastor Ivaldo Cruz está jubilado e reside na cidade de Bragança Paulista (SP), ao lado da família.

Em reconhecimento aos seus relevantes serviços prestados à santa obra do Senhor, a FATEAL realizou uma entrevista especial com o pastor Ivaldo Cruz, onde o leitor terá a oportunidade de conhecer mais sobre a história deste homem de Deus e seu chamado para o campo missionário e o ensino da Teologia. Confira abaixo:

1 - Como se deu a sua conversão?

Ivaldo Cruz - Por meio de uma irmã, a primeira da família que Jesus salvou, membro da Igreja Assembleia de Deus do ministério do Belém (SP). Comecei a conhecer a verdade, porém, minha conversão aconteceu em Sapopemba (SP), em 1975, quando um pastor orou por mim. Quando o mesmo impôs sua mão sobre a minha cabeça, recebi pela primeira vez a alegria da salvação. Naquele mesmo ano, em 08 de junho de 1975, fui batizado nas águas. Ainda nesse ano, fui para Paulo Afonso (BA), onde fui recebido como membro da Igreja Assembleia de Deus naquela cidade, dirigida pelo saudoso pastor José Antônio dos Santos.


2 - Quando foi o seu chamado ao Santo Ministério?

Ivaldo Cruz - A separação para o ministério aconteceu na cidade de Pindamonhangaba (SP), em 01 de janeiro de 1986, na Igreja Assembleia de Deus, ministério do Belém, através do pastor Samuel Fontes Bezerra.


3 - De que forma o senhor sentiu o chamado para a obra missionária?

Ivaldo Cruz - Ainda em Paulo Afonso começamos a evangelizar, inclusive vendendo o jornal da igreja “Palavra da Verdade”. Sempre desejei agradecer ao Senhor, sendo um servente no seu glorioso serviço. Quando trabalhava na CPAD como representante de vendas, já morando em São Paulo, durante uma viagem a serviço da CPAD, Deus me chamou para ir estudar Teologia no IBAD, em Pindamonhangaba (SP). Foi nesta cidade, cujo nome significa “fábrica de anzóis”, que o Senhor me chamou (através de um sonho) para a obra missionária. O que o Senhor me mostrou se cumpriu quando fomos enviados, por meio do ministério do Belém (SP), para a cidade de La Concórdia, Província de Entre Rios, Argentina.


4 - Como ocorreu a proposta para o senhor cooperar com o ministério em Alagoas?

Ivaldo Cruz - Antes da viagem para a Argentina, telefonei para o saudoso pastor-presidente José Antonio dos Santos, que disse que se viéssemos para Maceió teríamos lugar para morar, igreja para dirigir e um lugar para lecionar na Escola Teológica. Essas três promessas se cumpriram quando chegamos em Maceió, em 1998. Durante oito anos, tive a honra de ser um dos professores da Escola Teológica da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Estado de Alagoas: a FATEAL. Minha esposa, Maria de Fátima Magalhães Cruz, que é professora de espanhol, também teve a honra de ser professora desta honrada Escola.


5 - De que forma ocorreu o convite para o senhor lecionar na FATEAL?

Ivaldo Cruz - No dia 01 de maio de 1996, quando trabalhávamos na Venezuela, em um sonho, liguei para o saudoso pastor José Antônio dos Santos (o número do telefone tinha apenas quatro dígitos), que me disse: “Ivaldo, venha aqui e nos ajude”. Fiz uma viagem a Maceió, mas não disse nada ao pastor sobre isso. Porém, não suportando mais o chamado, saímos da Venezuela em abril de 1998 para trabalhar em Maceió. Assim, no dia 01 de maio de 1998, fomos bem recebidos pelo ministério e pela igreja Assembleia de Deus em Alagoas, assim como Gaio recebia aqueles que saíam por causa do Nome (3 Jo 1-7).


6 - Como foi a experiência nesta briosa instituição de ensino teológico?

Ivaldo Cruz - Minha experiência na Faculdade de Teologia de Alagoas foi maravilhosa, pois considero essa Escola como uma casa de profetas. Quando lecionava, as pesquisas de materiais que eu preparava para as aulas serviram para me ajudar na elaboração de alguns livros que escrevi.


7 - Qual a importância da FATEAL, como auxiliadora, para o obreiro que deseja o episcopado?

Ivaldo Cruz - Hoje, a formação teológica é indispensável para alguém que recebe o chamado do Senhor para o santo ministério, como diz a Palavra: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a Palavra da Verdade (2 Tm 2.15 - ARC).


8 - Qual foi o legado deixado pela FATEAL em seu profícuo ministério?

Ivaldo Cruz - A Fateal para mim foi uma bênção, pois ali recebi muitas bênçãos do Senhor, como experiências, comunhão com os irmãos (amor fraternal), conhecimentos, etc.


9 - Atualmente, com tanta poluição literária e virtual, qual a importância e o papel da FATEAL na vida dos obreiros assembleianos?

Ivaldo Cruz - É como disse, a FATEAL é uma casa de profetas, que Deus abençoa para lançar sal na panela envenenada para que o obreiro ensine a verdadeira doutrina bíblica, sem nenhuma adulteração (Tt 2.1).


10 - Com a implantação do Curso Preparatório de Obreiros (CPO), a dificuldade na interação entre a membresia, o corpo diaconal e presbiterial diminuíram. Como o senhor enxerga essa iniciativa e, na sua opinião, qual a importância do CPO na busca pela excelência na arte de servir a causa do Mestre Jesus?

Ivaldo Cruz - É como a Bíblia diz: “Por falta de conhecimento, o povo se corrompe”. Assim, a importância do ensino na Casa de Deus é fundamental. Portanto, felicito a Igreja Assembleia de Deus em Alagoas por esse nobre trabalho do Curso Preparatório de Obreiros.


11- Qual o aconselhamento que o senhor deixa para todos os aspirantes à missão que ainda não estudaram na FATEAL?

Ivaldo Cruz - Meu conselho é o que a Bíblia diz: “Calçai os pés com a preparação do Evangelho da Paz” (Éf 6.15).


Agradecimento: Deixo aqui meu agradecimento aos amados irmãos alagoanos, ao pastor-presidente Rev. José Orisvado Nunes de Lima, à diretora e professora da FATEAL, Dra. Cláudia Tenório, e ao pastor e professor da FATEAL, Adriano Oliveira.


Da Redação/AD Alagoas
[email protected]

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria

Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Templo Sede
Av. Moreira e Silva, nº 406, Farol

 

Horário de Cultos

Aos Domingos 09:00h - Escola Dominical

Aos Domingos 18:30h - Culto Evangelístico

As Terças-feiras 18:30h - Culto de Doutrina

As Quarta-feiras 10:00h as 17hs - Círculo de Oração

As Sextas-feiras 18:30h - Culto de Oração

Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais