Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

Notícias » Geral

28/04/2021

Nota de Pesar pelo falecimento do pastor Pedro dos Santos

O sepultamento acontecerá amanhã, às 10 horas, no Campo Santo Parque das Flores


É com grande pesar que o Portal AD Alagoas comunica aos amados irmãos o falecimento do PR. PEDRO DOS SANTOS, nesta quarta-feira (28), aos 93 anos. O ministro estava internado há alguns dias em tratamento médico, vindo a falecer no final da tarde de causa natural. Os familiares informam que o sepultamento acontecerá amanhã, às 10 horas da manhã, no Campo Santo Parque das Flores.

O pastor-presidente Rev. José Orisvaldo Nunes de Lima, em nome de toda igreja e ministério, se solidariza com os familiares e amigos do pastor Pedro dos Santos, pedindo a Deus que conforte os corações e dê forças para transformar a dor desta perda em fé e esperança.

“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda. ” (2 Timóteo 4:7-8)


Pastor Pedro dos Santos

Pastor Pedro dos Santos, nasceu aos 29 de junho de 1927 em Limoeiro de Anadia. Alagoas. É filho caçula de uma família de 6 irmãos. Seu nome se deu por ter nascido no dia de São Pedro. Filho de Erundina Maria e José Roque.

Aos 22 anos, no mês de setembro de 1949, teve seu encontro pessoal com Jesus Cristo, na cidade de Santana do Mundaú/AL, em um culto dirigido pelo saudoso Pr. João Buarque e o Pb. Lelé, no mesmo ano foi batizado em águas em 25 de dezembro. Fato que gosta de relembrar foi o dia em que recebeu o batismo com Espírito Santo. Estava só, em sua humilde casa de sapé em 22 de julho de 1950 quando orava pela madrugada e ali o Senhor o visitou. 

Casou-se pela primeira vez aos 21 anos e deste relacionamento teve um filho de nome José Maria, ficando viúvo logo em seguida ao nascimento da criança. Passados 2 anos de viúvo no mês de maio de 1951 foi a um casamento na cidade de Rio Largo/AL, e lá viu uma jovem por quem se encantou, procurou referências, guardou consigo o sentimento e o desejo de manter um relacionamento com ela. Procurou seu Pr. Presidente Antônio Barros falou de seu sentimento, recebeu o aval do seu Pastor, dias depois encontrou-se com uma irmã que residia naquela cidade, contou para ela de seu sentimento e foram juntos a uma loja e pela medida do dedo daquela irmã comprou as alianças. Voltando a cidade de Rio Largo já levando as alianças e após 32 dias de relacionamento casaram-se no dia 07 de julho de 1951 com a jovem Neide Laurentino Santos, carinhosamente conhecida por Rosa. 

Desta União nasceram os filhos(as) Dario, Daniel, Davi, João Marcos, Levi, Eliezer (in memoriam), Miriam, Luzineide, Débora e Midiam. Ao longo destes 69 anos e 9 meses de feliz união a família cresceu e ele deixa, 10 filhos, 6 noras, 1 genro, 14 netos, 23 bisnetos e esposa. 

Detalhe importante da sua personalidade de homem que honrava sua parceira é que no momento do nascimento de cada filho, ele a deixava aos cuidados da parteira, e retirava-se para outro cômodo da casa para orar, até o momento em que a parteira o chamava e apresentava o bebê. 

Sua vida familiar foi próspera e abençoada. 

Cantou no Coral Celeste, foi porteiro e auxiliar de trabalho nos anos de 1950 e 1951. 

Iniciou sua vida ministerial em 1952 quando em um dia de sábado dirigiu seu primeiro culto no bairro de Ponta da Terra, onde Deus abençoou grandemente com salvação de almas e batismo com Espírito Santo, dia este muito memorável. Cumpria-se em sua vida o desejo que teve quando novo convertido leu o livro de T.L. Osbern - Conquistando Almas - Lá fora onde os pecadores estão. E aí a chama foi acesa do desejo de ganhar almas. 

Em 30 de agosto de 1952 sua carreira ministerial recebia um novo impulso com a ordenação para o Diaconato. 

Em 1953 foi ordenado ao Presbitério servindo ao Senhor e a igreja na Capital Maceió/AL, até o ano de 1976, dirigiu as congregações nos bairros de Pitanguinha, Pinheiro, Avenida Rotary, Vergel, Ponta da Terra, Formosa, Bebedouro. Trapiche da Barra, Comendador Leão (Poço). Esse período foi como desbravador incansável evangelizando e dando início a abertura dos trabalhos como no Reginaldo enfrentando momentos muito difíceis. Dirigiu culto em todos os bairros antigos de Maceió, nesse período os obreiros faziam rodízios para dirigir cultos nas congregações. 

Aos 07 dias do mês de julho de 1976, dia em que comemorava 25 anos de casados - Bodas de Prata foi empossado na cidade de Marechal Deodoro para pastorear aquela igreja. 

Acontecimentos impactantes marcaram sua vida ministerial no campo de Marechal Deodoro como o dia 10 de maio de 1977 com apenas 10 meses pastorado, sua esposa recebe o diagnóstico que estava com câncer de mama, Deus provando sua fé ao extremo. Mas em uma madrugada em oração vê Deus operando o milagre. Orar era uma característica forte e marcante na vida desse homem. 

Em agosto deste mesmo ano 1977 é consagrado a Evangelista e ainda neste ano no mês de setembro sua esposa realiza novos exames de imagem e para confirmar o que ele tinha visto em oração nada tinha mais de nódulos naquela mama. 

Em setembro de 1978 é consagrado Pastor, função que já desempenhava com muito denodo. 

Durante sua gestão em Marechal Deodoro construiu a igreja sede, casa pastoral, refeitório, hospedagem e cozinha, inaugurando em 15 de novembro de 1984. Período este de construção muito árduo. Seu desejo era vê os cultos sendo realizados em um lugar digno e para que isso acontecesse teve que trabalhar de pedreiro, pois tinha como texto áureo o versículo que se encontra em II Tm. 2.15 - Procura apresentar-te a Deus, como obreiro que não tem de que se envergonhar... ia junto a grupos de irmãos para o rio Sumauma extrair areia para não ter que comprar e o dinheiro da caçamba de areia já servia para comprar cimento ou outro material. 

Desbravou o município de marechal Deodoro e adjacências até o município de Barra de São Miguel, município que na época fazia parte de sua jurisdição ministerial, la até lá para os cultos a pé, pois na época não tinha carro e transporte (urbano) era deficitário e por muitas vezes não tinha condições financeiras para locar o carro de alguém da cidade. Aproveitava sua ida para evangelizar e abrir novos trabalhos, tinha uma chama que ardia para ganhar almas para o Reino de Deus, o hino 147 da Harpa Cristã era seu grande entusiasta. 

Ainda construiu e inaugurou a igreja na Usina Sumauma, iniciou a construção na Barra de São Miguel deixando em fase de acabamento. 

No ano de 1991 recebeu o convite do Pastor José Antônio para retornar para Maceió/Al, já tinha se passado 15 anos que pastoreava aquele rebanho. Atendendo ao convite do seu Pastor para junto com sua esposa Irmã Rosa assumir a casa Pastoral, hospedagem, cozinha e refeitório, tarefa que já desempenhavam por muitos anos. Como também auxiliar na tesouraria da igreja. 

Voltou a pastorear igrejas na capital nos bairros de: Engenho de Dentro, Bebedouro e Feitosa. 

Afastou-se de suas atividades ministeriais após sofrer um Acidente Vascular Cerebral - AVC. Tendo tido portanto um ministério profícuo e impactante por mais de 50 anos.


SÍNTESE BIOGRÁFICA DO PASTOR PEDRO DOS SANTOS


PEDRO DOS SANTOS, nascido em 29/06/1927, na cidade de Limoeiro de Anadia/AL. Filho da Senhora ERUNDINA MARIA DOS SANTOS, casado com NEIDE LAURENTINO SANTOS.

Aceitou ao Senhor Jesus em setembro de 1949, sendo batizado nas Águas em 25/12/1949 e batizado com o Espirito Santo em 27.04.1950

Servindo a Deus na Assembleia de Deus em Alagoas, foi ordenado:

SEPARADO PARA AUXILIAR EM 05/02/1953

SEPARADO PARA DIACONO EM 30/08/1953

SEPARADO PARA PRESBITERO EM 30/08/1954

SEPARADO PARA EVANGELISTA EM 02/09/1977

SEPARADO PARA PASTOR EM 01/09/1978

Capital dirigiu as Igrejas de:

ENGENHO DE DENTRO

BEBEDOURO

VERGEL DO LAGO

PONTA GROSSA

TRAPICHE

JACINTINHO

PONTA  DA TERRA

Campos que dirigiu:

·  MARECHAL DEODORO

O seu testemunho ficou registrado entre nós, a propósito dos altos serviços prestados à nossa Igreja.

Enquanto vivo, provou pelas suas palavras, ações e comprometimentos, como valeu a pena entregar ao Senhor a sua vida. E o Senhor honrou-o nesta terra.

Chamando à eternidade, para junto do Senhor, agora desfruta de todas as bem-aventuranças e de todas as riquezas celestiais guardadas para aqueles que servem ao Senhor de corpo, alma e espírito.

Resta-nos a alegria e a certeza de saber que um dia nos encontraremos com ele “na casa do Pai”, prestamos-lhe o devido reconhecimento e gratidão pelo seu abnegado serviço e pelo seu exemplo como filho de Deus.

Esposo amoroso e pai dedicado, deixa uma grande lacuna em seu lar, em sua igreja e nos corações dos que o amam.

Apresentamos a toda sua família, os nossos pêsames, orando para que o Senhor os fortaleça e os console.


Da Redação/AD Alagoas
[email protected]

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria

Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Templo Sede
Av. Moreira e Silva, nº 406, Farol

 

Horário de Cultos

Aos Domingos 09:00h - Escola Dominical

Aos Domingos 18:30h - Culto Evangelístico

As Terças-feiras 18:30h - Culto de Doutrina

As Sextas-feiras 18:30 - Culto de Oracão

Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais