02 de março de 2021
Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

Notícias » Geral

29/12/2020

Estudo para Jovens: O marxismo cultural de Antônio Gramsci

“O meu povo foi destruído porque lhe faltou conhecimento” Os 4.6


Introdução: Queremos, sob o favor do Altíssimo abordarmos um tema que tem contaminado a muitos e feito jovens cristãos mudarem seus conceitos aprendidos no lar e na Igreja e mesmo perder a fé e aborrecer a Santa Igreja de Deus como se esta fosse a causa de todos os males. O que ocorre com muitos é semelhante ao que a aranha faz com a mosca: de longe, lança-lhe o liço e a envolve rápido e suavemente, uma vez presa a mosca, a aranha ferra-lhe o olho e suga-lhe todo o liquido vital, deixando só a casca.

I - UM BREVE RESUMO BIOGRÁFICO DE ANTÔNIO GRAMISCI.

1-  Nasceu em Ales, sul da Itália em 22/01/1891 região paupérrima, atrasada, camponesa e tradicionalista em detrimento do Norte altamente rico e industrializado.

2-  Aos 2 anos foi vitima de uma doença que o deixou corcunda e prejudicou seu desenvolvimento, na fase adulta não media mais que 1 metro e meio e sua saúde sempre foi frágil

3-  Tudo isso não afastou sua intelectualidade, aos 21 anos estudou letras em Turim, trabalhou como jornalista de publicações de esquerda. Militou em comissões de fábricas e ajudou a fundar o partido comunista italiano em 1921 pois sua formação foi influenciada por Karl Marx, Friedrich Engels, Lenin, Maquiavel e outros do mesmo naipe.

4-  Depois em plena revolução russa, mudou-se para lá e ali casou-se com Júlia Schucht e teve 2 filhos.

5-  Em 1926 foi preso pelo regime fascista de Mussolini, cumpriu dez anos de prisão, morreu em uma clínica em Roma em 1937.

6-  Enquanto preso, escreveu dezenas de cadernos cujos textos depois foram publicados por seus sequazes, o veneno desses cadernos tem intoxicado o mundo até hoje.

II - GRAMISCI E A HEGEMONIA

1-  Ele tinha uma diferença, com os marxistas tradicionais; estes se focavam na revolução armada do proletariado e Gramisci defendia a ideia de que antes de tomar o poder, os comunistas deveriam promover uma mudança da mentalidade na população.

2-  Ele tinha um conceito de hegemonia. A relação de domínio de uma classe social sobre o conjunto da sociedade. Esse domínio se caracteriza por dois elementos:

2.1 A força. É exercida pelas instituições políticas e jurídicas e pelo controle do aparato policial-militar.

2.2 O consenso. Este diz respeito a cultura, trata-se de uma liderança ideológica conquistada entre a maioria da sociedade e formada por um conjunto.

3- Como conseguir tais objetivos? Segundo Gramisci o terreno dessa luta compreende infiltrar-se nas instituições de legitimação do poder do Estado tais como a Igreja, a escola, a família, os sindicatos e os meios de comunicação, ele via neles a possibilidade do início das transformações, por intermédio do surgimento de uma nova mentalidade.

III - O PROJETO DE GRAMISCI EM SOCIEDADES COM ECONOMIA CONSOLIDADA.

1-  Nos seus cadernos da cadeia, ele ensina que a instauração do regime comunista em países com uma democracia e economia consolidadas e estáveis não seria possível e nem produtiva pela força como ocorreu na Rússia, seria pelo contrário, necessário infiltrar lenta e gradualmente a ideia revolucionária (sem jamais declarar que isso estava sendo feito) sempre pela via pacífica, legal e constitucional entorpecendo as consciências e massificando a sociedade com uma propaganda subliminar, imperceptível aos mais incautos que, por sinal, representam a maioria da população.

IV - O PROJETO GRAMISCISTA E A IMPOSIÇÃO SUTIL DE UMA MENTALIDADE UNIFORME.

1-  Os propagadores do gramiscismo (professores, jornalistas e formadores de opinião) não admitem serem contraditos. Nas escolas e universidades é impossível contradizer as falas deles, pois logo são humilhados publicamente como retrógado, reacionário, ignorante. Há muitas noticias de que muitos que ousaram contradize-los perderam suas bolsas estudantes.

2-  Nas escolas o ensino é unilateral em sua linha esquerdista, não se admite que se ensine a história tradicional, como sempre foi ensinada, apenas com a visão marxista, assim a luta é desigual e injusta e a hegemonia é fabricada e faz com que todos os cidadãos, independente da idade, condição socioeconômica ou grau de instrução pensem de maneira uniforme sobrequalquer assunto nacional ou institucional.

3-  O poder da manipulação é tão grande que até mesmo o senso critico fica imobilizado. Enfim é uma obra satânica.

V - O GRAMISCISMO CUMPRE CABALMENTE ISAIAS 5.20.

“Aí dos que do mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem da luz trevas, e das trevas luz; e a fazem do amargo doce, e do doce amargo.”

1-  Os cidadãos de bem são desarmados (pois quando os comunistas assumirem o poder a sociedade, civil nada poderá fazer). Enquanto isso o governo nada faz para impedir o crescimento do número de armas nas mãos de meliantes assassinos à sangue frio.

2-  A carga tributária aumenta sufocando os empresários para que eles quebrem e todos fiquem em estado de miséria e ninguém percebe o maligno intento.

3-  Os fazendeiros que sustentam a economia da nação são demonizados e os que invadem as fazendas e a tudo quebram, matam o gado, queimam as plantações são heróis e vitimas. Se um fazendeiro se defender passará um ano aparecendo na mídia como um malvado capitalista escravizador.

4-  Antes no nosso Brasil negros e brancos conviviam pacificamente, o branco xingava o negro de besouro e o negro xingava o branco de amarelo, no fim se abraçavam rindo e um tomava o outro como padrinho dos seus filhos e tornavam-se compadres.

5-  Nunca tivemos uma luta inter-racial como nos EUA e África do Sul, mas os gramiscistas jogaram uns contra os outros e hoje quem não tem mas prestigio e proteção alguma são os pseudos brancos, pois a maioria de nós brasileiros somos pardos.

6-  Achando pouco jogaram homossexuais contra os héteros e ultimamente os índios contra o resto da população. Afinal é muito mais fácil dominar amanhã uma população que se odeia entre si.

7-  Todos os líderes como o presidente Bush, que são de direita são apresentados pela mídia e formadores de opinião como um demônio em forma de pessoa enquanto os esquerdistas como Che Guevara (O assassino frio), Fidel Castro que promoveu 60 anos de atraso em Cuba e o assassino do paredão; Hugo Chaves e Maduro que levaram a rica Venezuela á fome e miséria e os terroristas islâmicos que diariamente matam cristãos na África e Oriente Médio são considerados como heróis e vitimas do “imperialismo americano.”

8-  Os traficantes que fazem guerra urbana, põe armas nas mãos dos meliantes que matam jovens, mulheres e pais de famílias para tomar um tênis ou celular, os gramiscistas apresentam-nos como vitimas da sociedade capitalista e quem suou para adquirir os objetos roubados e foram assassinados são os culpados. O vagabundo é a vitima e o algoz é quem estudou e trabalhou.

9-  Se a polícia aniquila um latrocina em confronto defendendo a sociedade, nunca mas terá sossego, pois a mídia esquerdista fará dele um demônio pois era para ter deixado o meliante matá-lo. Mas se um padre fala contra o aborto de crianças indefesas a mesma mídia esquerdista gramiscista o acusará de antifeminista, retrógado e intolerante e é arriscado a ir preso ou no mínimo responder processo. Além do mais dizem que o militar, defensor da sociedade, deve primeiro ser baleado para depois reagir.

VI -  GRAMISCI E O MARXISMO CULTURAL.

O apóstolo dos gentios nos adverte “Tende cuidado que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas.” Cl 2.8

1- “Não tomem quartéis, tomem escolas e universidades, não ataquem blindados, ataque ideias” Gramsci

2- “A conquista do poder cultural é a prévia do poder político e isso se consegue mediante a ação concentrada nos intelectuais chamados orgânicos, infiltrados em todos os meios de comunicação, expressão e universitários.” Gramsci

3- “Antes de qualquer coisa você precisa tomar os órgãos de cultura, assim antes do governo se tronar socialista todo mundo já é socialista, sem nem o saber o que é.” Gramsci

4- “A revolução cultural precede à política.” Gramsci

5- “Assim sendo (depois da revolução cultural) a autoridade do partido seria onipresente e invisível, como um decreto divino que se obedece sem nem saber o que está obedecendo.” Gramsci

6-  As declarações acima mostram a sutileza do gramscimo, o aluno da escola ou faculdade não sabe o que está acontecendo consigo e muito menos o pai e a mãe que não têm o direito de opinar o currículo do curso do seu filho.

7-  O pior é que a agressividade dos gramscistas humilha a qualquer que discordar em sala de aula (agressivamente) de suas ideias. Hoje a educação brasileira está semelhante a um jogo de futebol que só tem um time no campo.

8-  A orientação gramscista é que tudo seja minado em uma pirâmide começando da base ao topo: família, escola, igreja, sindicatos, partidos políticos, estado e no topo, economia.

9-  Segundo Gramsci não se pode tomar de uma hora para outra os meios de produção, é um processo lento pois modifica-se primeiro a consciência, depois se domina o povo.

10-  Em seus “cadernos da prisão” ele nos chama de cobaias, idiotas úteis pois estamos totalmente alienados do que nos ocorre ao redor.

11-  A arma forte ensinada por Gramsci para combater os que ousam confrontá-los é humilhar publicamente o opositor das ideias dele, é um idiota e faz parte de uma conspiração.

Conclusão: Não esqueçamos que a arma do gramscismo é a manipulação; observe o que Gramsci falou: “Nós vamos destruir o ocidente destruindo sua cultura; vamos nos infiltrar e transformar a sua, música, sua arte e sua literatura contra eles próprios.”

Dominar todas as instituições humanas, incluindo as religiosas, educacionais, midiáticas, culturais, jurídicas e governamentais; de modo que as pessoas desconheçam haver uma coordenação central e se sintam constrangidos por pensarem tratar-se de manifestações honestas, espontâneas e universais, submetidas regularmente ao principio democrático.

Só nos resta suplicar ao Senhor: “Recorda-te da aliaça, pois a corrupção nas trevas construiu sua morada.” Sl 74.20

Amém.


Rev José Orisvaldo Nunes de Lima
Pastor Presidente da AD e COMADAL


Confira também o vídeo do estudo:


Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria

Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Templo Sede
Av. Moreira e Silva, nº 406, Farol

 

Horário de Cultos

Aos Domingos 09:00h - Escola Dominical

Aos Domingos 18:30h - Culto Evangelístico

As Terças-feiras 18:30h - Culto de Doutrina

As Sextas-feiras 18:30 - Culto de Oracão

Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais