Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

AD Alagoas / Lições Bíblicas

20/11/2021

Lição 8 - Paulo, o DISCIPULADOR de Vidas

Comentário da lição bíblica para o fim de semana com Pr. Jairo Teixeira Rodrigues


INTRODUÇÃO

Nesta lição, aprenderemos sobre o apóstolo Paulo, como exemplo de um zeloso discipulador de vidas. Aprenderemos que o discipulado é uma ordem do Senhor. O discipulado como formação da vida cristã. O discipulado nos faz viver para glória de Deus.

I - PAULO E O DISCIPULADO BÍBLICO 

-A vida do apóstolo Paulo não foi marcada apenas pela evangelização, mas também, pelo seu zelo para com a igreja de Deus. Por isso ele diz, escrevendo aos coríntios: “Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus [...]” (2Co 11.2a). Este zelo fala do seu cuidado e de sua preocupação para com a noiva de Cristo. Isto pode ser visto em vários aspectos do seu ministério. 

1-A palavra “discípulo”, no latim, significa “aluno”, “aprendiz”. 

-O termo hebraico: “talmid” vem de “talmad”, que também significa: “aprender” (2Rs 2.3,5,7,15; 2R 4.1,38).

-A palavra grega correspondente é “mathetes”, de onde se deriva a palavra que significa “aprender”. Embora o grupo dos doze apóstolos seja denominado de discípulos, biblicamente todo aquele que segue a Jesus é também um discípulo (Mt 5.1; Jo 2.12). -O apóstolo Paulo chega a dizer que o verdadeiro discípulo tem a “mente de Cristo” (1Co 2.16). O discípulo, portanto, deve agir e reagir como se fora o Senhor mesmo (CIDACO, 1996, pp. 104,105). -A palavra “discípulo” está relacionada à ideia de “disciplina” e isso é muito instrutivo, porque, acima de tudo, dos verdadeiros discípulos requer-se disciplina.

2- A palavra discipulado tem de origem na palavra latina: “discipulatus”. É o trabalho cristão efetuado pelos membros da igreja, a fim de fazer dos novos crentes – crianças, jovens e adultos – autênticos cristãos, cujas vidas se assemelham em palavras e obras ao ideal apresentado pelo Senhor Jesus Cristo (Mt 28.18 -20; Ef 4.13-16). A igreja precisa, no discipulado cristão, de uma visão celestial multiplicadora, selecionando e treinando homens, mulheres, crianças, jovens e idosos para que, por suas vidas santas e pelo ensino das verdades cristãs possam educar os novos discípulos e torná-los aptos a fazer outros.

II – O DISCIPULADO E A MISSÃO INTEGRAL

-O discipulado é uma ação conjunta com a evangelização. Não há como discipular, sem evangelizar. No entanto, quando falamos de discipulado, estamos nos referindo ao ato de proclamar as boas-novas de salvação aos pecadores, a fim de convertê-los a Cristo, e torná-los discípulos idôneos, fiéis a Jesus e capazes de gerarem outros seguidores (2Tm 2.2).

- A expressão: “Portanto ide e fazei discípulos” (Mt 28.19), nos mostra que as palavras de Jesus são uma ordem para a igreja, tanto quanto a evangelização, como para a formação de novos discípulos. A evangelização é um ato, e o discipulado (integração do novo crente) é um processo contínuo. Além disso, demanda oração, esforço, paciência, fé e perseverança, para alcançar os resultados desejados. A maturidade espiritual do cristão não ocorre de modo rápido e instantâneo, mas progressivamente em Cristo (Cl 1.28,29). Para que conservemos em nossas igrejas os novos convertidos em Cristo, precisamos trabalhar com amor, dedicação e objetividade. Muito da imaturidade espiritual dos membros da igreja local é resultado da ignorância destes, em relação às doutrinas básicas da Bíblia (Hb 5.12-14).

-Desde o início, a proposta divina sempre foi estender a bênção da salvação a todos os homens, indiscriminadamente (Gl 3.8). Mas, o sentimento ultranacionalista dos judeus fechou seus olhos a esta realidade de que Deus os levantou, a fim de serem uma nação evangelizadora para todos os povos (Is 42.6; 49.6).

- O discipulado inclui a observação das ordenanças de Cristo. Jesus disse aos apóstolos que aqueles que cressem na mensagem do evangelho deveriam confirmar a sua fé, descendo as águas do batismo (Mt 28.19). Evidenciando assim o total compromisso do discípulo com o Seu Mestre.

CONCLUSÃO:

Na maioria das igrejas, o discipulado é apenas um acompanhamento aos novos convertidos. Porém o discipulado bíblico é um processo de vida cristã. Pensar em discipular, leva-se em conta a pregação e o ensino da Palavra de Deus. Isso levando em conta pessoas de outras culturas, como Jesus e a samaritana. Para discipular temos que aprender com Jesus a romper barreiras e preconceitos. Que Deus levante VERDADEIROS DISCIPULADORES, conforme a sua vontade. Amém!



O conteúdo e as opiniões expressas são de inteira responsabilidade de seu autor.

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria

Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Templo Sede
Av. Moreira e Silva, nº 406, Farol

 

Horário de Cultos

Aos Domingos 09:00h - Escola Dominical

Aos Domingos 18:30h - Culto Evangelístico

As Terças-feiras 18:30h - Culto de Doutrina

As Quarta-feiras 10:00h as 17hs - Círculo de Oração

As Sextas-feiras 18:30h - Culto de Oração

Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais