Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

AD Alagoas / Lições Bíblicas

20/02/2021

LIÇÃO No 8 – Comprometidos com a Palavra de Deus

Comentário da lição bíblica para o fim de semana com Pr. Jairo Teixeira Rodrigues


INTRODUÇÃO

- Paulo denomina a Igreja de “coluna e firmeza da verdade” (I Tm.3:15). Como corpo de Cristo, que é a Verdade (Jo.14:6), a Igreja é a única instituição sobre a face da Terra que pode viver a verdade e, por isso, sustentá-la e defendê-la num mundo que vive enganado pelo pai da mentira.

- Como guardiã da verdade e se santificando nela (Jo.17:17), a Igreja tem a difícil tarefa de proclamar, sustentar e defender a sã doutrina, a Palavra de Deus. Lamentavelmente, porém, nos dias de apostasia em que vivemos, cada vez mais notamos o abandono da verdade por milhares de sedizentes cristãos.

I – O QUE É DOUTRINA E O SEU PAPEL NA IGREJA

- Doutrina é palavra de origem latina, cujo significado é “conjunto coerente de ideias fundamentais a serem transmitidas, ensinadas”. Em latim, “doctrina” significa “ensino, instrução dada ou recebida, arte, ciência, doutrina, teoria, método”. Assim, a doutrina é um ensinamento, uma instrução que alguém dá a outrem. Aliás, a palavra “doctrina” é derivada de “docere”, que significa ensinar. Doutrina, portanto, é um ensinamento, um ensino, uma instrução que alguém que sabe (o sábio ou “doutor”) dá a alguém que não sabe (o aprendiz).

- Vemos, portanto, pelo seu significado latino, que “doutrina” significa ensino e, portanto, quando falamos em “doutrina bíblica” estamos a falar no “ensino da Bíblia”. Ora, a Bíblia é a Palavra de Deus e, portanto, o “ensino da Bíblia” nada mais é que o ensino da Palavra de Deus, o ensino de Deus ao homem. “Doutrina”, portanto, é o ensino que Deus dá ao homem a partir da Sua Palavra, da revelação divina à humanidade, que consta da Bíblia Sagrada.

- Ora, se a doutrina é a Palavra de Deus e esta Palavra, como nos ensinou Jesus, é a Verdade (Jo.17:17), quando o apóstolo Paulo denomina a Igreja de “coluna e firmeza da verdade”(I Tm.3:15), está a dizer que a Igreja é a “coluna e firmeza da doutrina”, ou seja, cabe à Igreja sustentar e manter a doutrina, a Palavra de Deus.

- A primeira vez que surge a palavra “doutrina” nas Versões Almeida (Revista, Corrigida, Fiel e Contemporânea) é em Dt.32:2, onde, no cântico de Moisés, consta a expressão “goteje a minha doutrina”, palavra que é a tradução de “leqach”(לקח), cujo significado é “ensino”, “instrução”, tanto que a palavra é traduzida por “ensino” em outras versões bíblicas (como a Tradução Brasileira, a Nova Tradução na Linguagem de Hoje e a Nova Versão Internacional). Neste primeiro aparecimento da palavra, ainda que em um contexto poético, percebe-se claramente que Moisés considera que todos os ensinos que havia dado ao povo de Israel, ensinos estes que eram resultado da revelação divina ao próprio Moisés, constituíam ensinos que deveriam ser continuamente ministrados ao povo e que representavam para este povo a sua própria fonte de vida, a sua própria renovação, pois deveriam estes ensinos “gotejarem”, ou seja, pouco a pouco, de forma contínua e permanente, cair sobre o povo, a fim de lhe dar vida, assim como a chuva e o orvalho, pela manhã, fazem em relação à terra.

- Esta expressão de Moisés, também, mostra-nos que a doutrina é algo que vem do alto, que vem do céu, seja na forma de chuva, seja por meio da condensação do vapor d’água encontrado no ar(o orvalho), indicando-se que a doutrina não é obra do homem, mas resultado da revelação divina, de um ensino vindo diretamente da parte do Senhor.

- Por fim, a expressão de Moisés dá-nos a nítida noção de que o trabalho da doutrina é manter a vida e uma vida renovada no ser humano, pois é comparada ao chuvisco sobre a erva e a gotas d’água sobre a relva. Todos nós já divisamos, pela manhã cedinho, o orvalho que está a manter molhadas as ervas e a relva, mantendo-as bem verdes, dando-lhes vida, vigor e exuberância (i.e., beleza). Os campos verdes, pela manhã, aquele frescor que sentimos quando nos encontramos em uma área verde logo pela manhã, que tão bem nos faz à saúde, é o resultado desta ação refrescante da chuva e do orvalho. Este é o papel da doutrina em nossa vida espiritual: refrigério para a nossa alma, renovação de nossas forças espirituais, concessão de beleza e de prazer aos nossos corações e a todos quantos travam contacto conosco. Bem se vê, portanto, que bem ao contrário dos que dizem que a doutrina torna o homem insensível a Deus, vemos que o papel da doutrina é precisamente o de nos conceder vida, vida abundante, refrescor e sensibilidade diante de Deus e dos homens.

- Por isso, a Igreja, na sua função de “coluna e firmeza da verdade”, faz com que o refrigério de Cristo alcance as vidas humanas. Ao defender a sã doutrina, a Igreja não está fazendo outra coisa senão levar aos homens o amor de Deus, o consolo do Senhor, a felicidade e a dignidade de que o homem é tão carente, separado que está de seu Criador pelo pecado. Não é outro o sentido da pregação de Pedro, registrada em At.3:19, quando disse aos ouvintes que deveriam se arrepender e se converter, para que os pecados fossem apagados e viessem os tempos do refrigério pela presença do Senhor.

- O refrigério pela presença do Senhor é algo que somente advém ao ser humano mediante o ensino da Palavra de Deus, mediante a ministração da doutrina. Jesus, mesmo, afirmou que somente encontraríamos descanso para as nossas almas quando aprendêssemos dEle, que era manso e humilde de coração (Mt.11:29). “Refrigério”, como sabemos, é o “ato ou efeito de refrigerar(-se); sensação agradável produzida pela frescura; consolo, alívio de qualquer natureza; conforto moral “. Somente através do “refrigério”, conseguimos ter a mudança de nosso caráter, tornando-o o nosso “eu”, sem empenho, arrefecido, esfriado, pois “refrigério” vem da palavra latina “frigere”, que tem, entre outros significados, o de esfriar, perder o empenho, arrefecer.

- Jesus afirmou que, para nós O seguirmos, precisamos renunciar a nós mesmos. Quem não renuncia a si mesmo não pode ser discípulo de Jesus (Mt.16:24; Lc.14:33). Para renunciarmos a nós mesmos, temos de fazer com que o velho homem, a velha natureza seja crucificada com Cristo (Gl.2:20) e isto só é possível se tivermos o refrigério pela presença do Senhor, ou seja, o aprendizado de Cristo, o que se dá única e exclusivamente pela doutrina. É preciso que soframos a sã doutrina (II Tm.4:3), isto é, que suportemos a doutrina, que nos submetamos a ela, pois só assim teremos descanso para as nossas almas, só assim manteremos o velho homem, a natureza pecaminosa sob domínio do Espírito Santo e poderemos servir a Jesus até o dia da glorificação.

- Esta tarefa da ministração da doutrina é mais uma das missões destinadas pelo Senhor Jesus à Igreja. O Senhor constituiu na Igreja pessoas para esta tarefa de ministrar a Palavra de Deus, pessoas a quem deu os dons ministeriais (Ef.4:11-16), a fim de que os salvos possam se tornar verdadeiros e genuínos discípulos do Senhor Jesus e cresçam espiritualmente, formando Cristo em cada um deles (Gl.4:19).

- A palavra “doutrina” reaparece na Versão Almeida Revista e Corrigida em Is.29:24, onde, mais uma vez, traduz “leqach”, sendo seguido pela Fiel e Corrigida, já que a Atualizada e a Edição Contemporânea traduzem o termo por “instrução”. No texto, é dito que os murmuradores aprenderiam doutrina quando houvesse a santificação que o profeta prometia para o povo do Senhor. A santificação e o temor a Deus fariam com que os murmuradores, ou seja, aqueles que se queixam de Deus, que se rebelam contra o Senhor, viessem a aprender “doutrina”. Vemos que a “doutrina” só é aprendida por quem se separa do pecado, por quem se submete ao Senhor, por quem prima por uma vida de comunhão com Deus. Por isso, sentimos muita preocupação ao saber que muitos crentes, na atualidade, fogem dos “cultos de doutrina”, dos “cultos de ensino”, prova de que não estão a se santificar.

- A Versão Almeida Revista e Corrigida menciona “doutrina” em Is.42:4, para traduzir, desta feita, “torah”, sendo seguida pela Versão Atualizada. Já a Edição Contemporânea e a Fiel e Corrigida preferiram traduzir o termo por “lei”, mas, como dissemos supra, o termo “torah”, embora tenha adquirido a conotação de “lei” tem como seu significado o de “instrução”, de “doutrina”.

II – PENTECOSTALISMO E O COMPROMETIMENTO COM A   SàDOUTRINA:(2 Timoteo 1:13-18)

- “CONSERVAR”: é guardar, manter, preservar, seguir. Imitar.

-“MODELO”: do gr. Tupos; significa Imagem, Ideal, Padrão ou Modelo, 

-“SÃS PALAVRAS” ,”genuína”, São a revelação original de Cristo e dos apóstolos. As Doutrinas bíblicas ensinadas a Timóteo por Paulo.

-Timóteo devia conservar essas verdades com fé em Jesus Cristo e Amor a Ele; nunca apartar-se delas, e não comprometê-las, mesmo se sua fidelidade para com elas importar-se em sofrimento.

-Hoje estamos vivendo essa realidade; A ideia popular em moda é enfatizar que é a “experiência”, (com anjos, profetas, bispos e apóstolos). e não a Doutrina, o que é mais importante.

“Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina; PERSEVERA nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem” (1 Tm 4.16).

-Nestes últimos dias temos visto que muitos crentes, por falta de conhecimento bíblico, estão sendo enganados pelas artimanhas de falsas doutrinas, falsas ideologias.

-Infelizmente, algumas igrejas pentecostais não priorizam mais o estudo sistemático da Palavra de Deus fazendo com que seus membros tornem-se “presas” fáceis desses falsificadores.

-Precisamos nos manter firmes e fiéis às Sagradas Escrituras a fim de que possamos desmascarar os enganos de Satanás. 

-Palavra Chave:”Doutrina”; Ensino, instrução dos princípios bíblicos.

-O QUE É? E O QUE NÃO É? 

-Não é gritos, desabafo, Afrontar as pessoas...

-Gr. “Didaque”= É Ensino, Instrução, Confrontar o pecado com a Palavra.

-COMO MANTER, CONSERVAR a “Sã Doutrina”,”Autêntica”, Doutrina Pentecostal? 

-MOISES recebeu um MODELO.(Êxodo 25:9)

-Na Casa de Deus tudo deve ser feito pelo modelo.

“Conforme tudo o que eu te mostrar paramodelo do tabernáculo e para modelo de todos os seus móveis, assim mesmo o fareis.”

-Altar de bronze(culto), 

-Incenso(oração, adoração), 

-Castiçal(vida-testemunho)!

III. VIVEMOS UM TEMPO DE HERESIAS E APOSTASIAS:

1- Uma avalanche de heresias(gr. Haireses: ensinos cismáticos, (dissidentes, em desacordo), sem respaldo bíblico).

-Lamentavelmente, na atualidade, algumas igrejas pentecostais têm sido invadidas por uma avalanche de heresias e apostasias.

2- Tempos de Apostasia da Fé.

‘“Mas o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, apostarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios”’ (1 Tm 4.1). 

-Paulo escreveu ao jovem Timóteo, há quase dois mil anos, já alertava  quanto aos perigos da apostasia.

-Apostasia — gr. apostasia — quer dizer ‘desvio’, ‘afastamento’, ‘abandono’; no texto bíblico, sempre significa abandono ou desvio da fé em Jesus. 

-Dentre elas podemos mencionar:

-Culto aos anjos, (Igreja poleiro, cadeira de Miguel ),

-Cultos a Personalidades( Santos mortos, padroeiros),(Mat. 4:10)Só a DEUS!

-uso de amuletos que “estimulam a fé”, (pedra ungida, Rosa, tapete),

-(Rm 10:17). A fé vem...

-Triunfalismo, (só vitória, tem até hinos: agora é só vitória?) 

-não pode adoecer, não pode ser pobre, tem que ser rico.

- Óleo, pra ungir em casa? (CL 2.18; Tg 5:14).

-gr. Presbutero: indica Maturidade e Dignidade espiritual.

-“O Furão”; (cient. mustela putorios furo= curioso, aventureiro).

-Domínio,

-pretexto: falsa humildade,

-culto dos anjos,

-coisas que não viu,(furão)

-debalde inchado.

-NVI:”18 NAO PERMITAM que ninguém que tenha prazer numa falsa humildade e na adoração de anjos os impeça de alcançar o prêmio.

3- Tempo de Falsos mestres e falsos profetas.

-Orientado peio Espírito Santo, o apóstolo Pedro advertiu a igreja a respeito dos falsos mestres, que disseminam o engano entre o povo de Deus; homens presunçosos, que com os seus ensinos fraudulentos, acabam por corromper a sã doutrina. 

-Esses pseudo-pregadores, levam muitas pessoas a seguir suas dissoluções, “introduzindo encobertamente heresias de perdição, 

-Gr. Haireses:”Dissidentes, em desacordo com a doutrina, sem respaldo bíblico.)

-“E por avareza”,(gr. Pleonexia: lit. Sede de possuir mais), 

...E farão de vos negócio.” pra muitos hoje, Evangelho é negócio, é dinheiro”.

-(2 Pedro 2.1,3 )

-NVI:”Os Falsos Mestres e a sua Destruição

2 No passado surgiram falsos profetas no meio do povo, como também surgirão entre vocês falsos mestres. Estes introduzirão secretamente heresias destruidoras, chegando a negar o Soberano que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. 

3 Em sua cobiça, tais mestres os explorarão com histórias que inventaram...”

4- A falta do Ensino bíblico no meio pentecostal.

-Se quisermos preservar, Conservar a sã doutrina, precisamos voltar a priorizar o estudo da Palavra de Deus (2 Tm 3.14-17). 

-NVI:”14 Quanto a você, porém, permaneça nas coisas que aprendeu e das quais tem convicção, pois você sabe de quem o aprendeu. 15 Porque desde criança você conhece as Sagradas Letras, que são capazes de torná-lo sábio para a salvação mediante a fé em Cristo.

16 Toda a Escritura é inspirada(theopneusto=sopro de Deus),

 por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, 

17 para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra”.

-Atualmente, muitos já não querem estudar, de modo sistemático, a Palavra. (Só tem a Palavra? Quero não).

-O Senhor sempre desejou que o seu povo fosse instruído na Palavra (Js 1.8; Sl 1.2), “meditar”: (heb. Hagab), significa ler em silêncio ou falar consigo mesmo, refletindo.

-A Palavra é a luz que dissipa o engano e as trevas (Sl 119.105). 

-Você tem se dedicado ao estudo sistemático da Palavra de Deus?

-O ouvinte da pregação deve ser também um estudante da Bíblia, averiguando na Palavra a veracidade daquilo que ouve (Atos 17.11). 

“Os Bereanos eram mais nobres”

-Siga o exemplo do salmista: “Oh! Quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia!” (SL 119.97).

-A Palavra de Deus nos torna sábios para a salvação (2 Tm 3:15)CONSERVA!

IV - COMO CONSERVAR A SÃ DOUTRINA?

1-Conheça Os ardis(sutilezas, más intenções ) de Satanás(2Co 2:11);

-Satanás é astuto e usa de sutilezas para enganar e macular a Igreja do Senhor. 

2-Fique firmes e retenha as tradições que vos foram ensinadas( 2 Ts 2.15). “Tradições” São Os bons costumes. 

Ex: Nunca você viu na Assembleia de Deus, irmãs cantando de roupa “tomara que caia?”. Nunca, retenha. 

3-Não permita que ninguém faça de você presa sua.

 - “Como recebestes a JESUS, andai nEle.”

-“Arraigados e edificado nEle.” (Tendo raízes profundas.)

-“Cuidadose tornarpresa sua”; como um leão que pega a presa e carrega na boca (Col. 2:6-8 ).

-WILLIAM BARCLEY:” A IGREJA DEVE SER A GUARDIÃ DA SÃ DOUTRINA.”

4- Devemos “falar” o que convém A sã doutrina( Tito 2.1). 

  • Não falar palavrões, anedotas imorais, piadas indecentes.

  • NVI:” Fale o que está de acordo com o verdadeiro ensino”.

  • KJA:”1Tu, porém, prega o que está em harmonia com a sã doutrina!

5- Comendo comida sólida. (Só Leite? Não. 

 -Mocotó com gilo’, pimenta malagueta).

-“amadurecer”(gr. Teleios ), perfeitos, espiritualmente(Heb. 5:14] “discernir o bem e o mal”.

6-  “Desejar “o alimento sem falsificação”.

-.”Sólido mantimento”. : “Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo” (1 Pe 2:1-3)

-Muitos estão sofrendo física e espiritualmente por não estar se alimentando corretamente.

-Éx: Os piores alimentos da mesa do brasileiro:

(A)Refrigerante(mistura corantes, conservantes, açúcar(2 copo), aroma sintético de fruta e gás carbônico. ...

- “Cola” possuem o ácidofosfórico, substância que pode prejudicar a fixação do cálcio(ossos).

(B)Margarina.(óleos vegetais saturados e sebo bovino.)

(C)Salsicha(resto de:carne de porco, aves, carneiro, carne de bovinos, embutidos/bacon.) substância cancerígena; plutônio: câncer no colorretal.(ânus)

-A Dieta Espiritual é importante!

-NVI:”Portanto, livrem-se de toda( maldade )e de todo (engano), (hipocrisia), (inveja )e toda espécie de maledicência(falar mal das pessoas). 

2 Desejai Como crianças recém-nascidas, desejem de coração o (leiteespiritual puro), para que por meio dele cresçam para a salvação, 

3 agora que (provaram) que o Senhor é bom.

-O Crescimento Espiritual depende daquilo que nos alimentamos.

-Enio Müller: diz que o alimento é vital para o crescimento saudável.

-Tanto a inapetência (fastio), como o alimento tóxico, impedem o crescimento, doenças, raquitismo.

-Pedro compara o cristão a um recém-nascido. 

“Assim como o bebê anseia pelo leite materno, o cristão deve desejar ardentemente o genuíno leite Espiritual.

-A palavra grega “Apipotehin”, significa um desejo intenso. 

“ Como a corça anseia pelas correntes das águas”.

-Para o cristão estudar a Palavra de Deus, não é um trabalho, mas uma delicia, alimento pra alma.

-Um bebê que saboreou o alimento não deseja parar mais até ficar saciado.

-A expressão grega “gala lógicos”, é o adjetivo do substantivo” logos”. 

-WILLIAM BARCLAY: logos equivale a PALAVRA.

FIM: “Há muitos movimentos hoje, tentando destruir o verdadeiro ensino da Palavra de Deus. Por isso precisamos com urgência manter o MODELO DA SÃ, GENUÍNA, AUTENTICA, DOUTRINA”. 

Em tais movimentos, temos assistido à completa distorção dos textos bíblicos e a adoção de práticas completamente dissociadas das Escrituras, de tal sorte que há dificuldade até de considerá-las como pertencentes ao próprio segmento evangélico ou protestante.

- Vemos, pois, que estes segmentos, que têm fugido do texto bíblico, não podem ser confundidos com o genuíno, autêntico e verdadeiro pentecostalismo, este, sim, fundamentado nas Escrituras, que são a sua única regra de fé e prática, como, aliás, diz o item 1 do Cremos da Declaração de Fé das Assembleias de Deus: “[CREMOS] Na inspiração divina verbal e plenária da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé e prática para a vida e o caráter cristão (II Tm.3:14-17).

- Se existe um povo sedizente cristão que está comprometida integralmente com o texto bíblico é o povo genuinamente pentecostal. Amém.

-13.”Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus. 

-14.”Guarda o bom depósito pelo Espírito Santo que habita em nós.”

 -NVI:

-13.”Apegue-se, com fé e amor em Cristo Jesus, ao modelo do ensinoverdadeiro que aprendeu de mim. 

-14 Pelo poder do Espírito Santo que habita em nós, guarde a verdadepreciosa que lhe foi confiada. O verdadeiro pentecostalismo é comprometido com a Palavra de Deus.



O conteúdo e as opiniões expressas são de inteira responsabilidade de seu autor.

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria

Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Templo Sede
Av. Moreira e Silva, nº 406, Farol

 

Horário de Cultos

Aos Domingos 09:00h - Escola Dominical

Aos Domingos 18:30h - Culto Evangelístico

As Terças-feiras 18:30h - Culto de Doutrina

As Quarta-feiras 10:00h as 17hs - Círculo de Oração

As Sextas-feiras 18:30h - Culto de Oração

Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais