23 de novembro de 2017
Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

Notícias » Centenário da AD Brasil

17/11/2011

Nem a chuva impediu os mais de 30 mil celebrarem o Centenário no Pacaembu

Encerramento da programação foi conduzido pelo pastor José Wellington


Estádio do Pacaembu lotado

Nem a chuva que caiu em São Paulo impediu mais de 30 mil pessoas a adorarem o nome do Senhor durante a celebração do Centenário das Assembleias de Deus no Brasil realizado no Estádio do Pacaembu, nesta terça-feira (15).

O evento contou com a participação da liderança da igreja no Brasil e exterior e de parlamentares. Entre eles estavam o governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin, o prefeito Gilberto Kassab, o ex-governador José Serra, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho e do deputado Federal Marco Feliciano.

Assim que chegou, o prefeito Gilberto Kassab fez questão de dizer que não estava lá para misturar religião com política e a celebração estava liberada no estádio. “Não existe proibição e sim limitações, que foram atendidas pela organização do evento”.

O governador Geraldo Alckmin disse que AD no Brasil desenvolve trabalhos importantes, nas áreas social, educacional, cultural e na evangelização. “Os missionários foram muito importantes, pois uma semente caiu em terra fértil, que foi o Brasil. Ficamos felizes em participar desse primeiro século da AD no Brasil, que está presente em todo país”.

Para o pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) a expectativa pela celebração dos 100 anos da igreja foi superada. “A chuva nos atrapalhou um pouco, mas mesmo assim celebramos e agradecemos a Deus. O importante é dizer ao Senhor muito obrigado”.

“Infelizmente a chuva fez com que muita gente não comparecesse ao evento”, disse o pastor Wellington Junior, presidente do Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus. “Mas, mesmo assim superou a expectativa de um dia chuvoso como o de hoje. Agradecemos a Deus em tudo e por tudo”, completa.

Desde as 15h os mais de 750 ônibus, de diversas regiões de São Paulo, começaram a estacionar nos arredores do estádio. A multidão entrou cantando e assim permaneceu até o encerramento às 19h. Para dar suporte a tantas pessoas foi montado um esquema com 8 médicos, 12 enfermeiros e 5 ambulância, sendo 3 UTIs móveis.

A Palavra foi ministrada pelo pastor George Wood, superintendente geral das Assembleias de Deus nos Estado Unidos. Ele fez uma comparação da multiplicação dos pães com a vinda de dois suecos, Daniel Berg e Gunnar Vingren que depois de 100 anos também multiplicou. “O investimento feito há 100 anos com pouco recurso e apenas dois homens, foi multiplicado por Deus em milhões”.

O louvor ficou por conta dos cantores pastor Victorino Silva, Alice Maciel, Eliã Oliveira, Ministério Hebom, Lauriete, Joe Vasconcelos e Don Moen.

De acordo com o diretor-executivo da CPAD, Ronaldo Rodrigues de Souza, a festa foi bonita e contou com a representação da liderança de todo Brasil e a igreja de SP compareceram massiçamente. “Só temos que render graças a Deus, pois vimos aqui uma igreja atuante com o poder de Deus, buscando realizar a obra que ainda não acabou. Temos muitas almas para ganhar para o Senhor. E a AD como é uma igreja líder na pregação do evangelho, ela com certeza, continuará até avinda de Jesus”.

Foram homenageados com placas do Centenário o governador Geraldo Alckmin, prefeito Gilberto Kassab, o ministro Gilberto Barbosa, que representou a presidente Dilma Roussef, e o pastor José Wellington Bezerra da Costa.

O pastor Samuel Câmara, presidente da Assembleia de Deus em Belém (PA), afirmou que o evento foi muito abençoado. “O povo não arredou o pé e se mostrou corajoso, uma igreja digna de celebrar 100 anos”.

O ex-governador José Serra se emocionou ao conhecer “a segunda geração da AD que completa 100 anos. Para mim é motivo de orgulho e alegria”.

Pastor José Satírio, presidente da AD na Colômbia, afirma que o esforço dos pastores não permitiu que os 100 anos da AD morressem. “Quero parabenizar os pastores e a igreja em geral. Esse evento está sendo feito em um ambiente totalmente adverso, mas viemos da Colômbia para acompanha e viver esse momento”.

De olho no futuro, o preletor do evento, pastor George Wood afirma que a igreja deve crescer nos próximos anos. “Estivemos recentemente numa reunião na Índia sobre os projetos para o futuro da igreja. A estimativa é que em 2020 tenhamos 100 milhões de membros e 500 mil igrejas no mundo”.

No início do século passado, dois missionários suecos chegaram ao Brasil e fundaram uma pequena igreja em Belém (PA). Cem anos depois, aconteceu o "milagre da multiplicação": a Assembleia de Deus encerrou as comemorações pelo Centenário com um grande culto de louvor e adoração.



Ivan Carlos e Gilda J?lio
CPAD News
Galeria de Fotos
  • Nem a chuva impediu os mais de 30 mil celebrarem o Centenário no Pacaembu

Chat

Interaja com a comunidade do Portal AD Alagoas.

participe »

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria
Cadastro Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.
Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais