20 de maio de 2018
Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

Notícias » Missão e Mundo

15/05/2018

Franklin Graham fala sobre abertura da embaixada em Jerusalém: “profética”

Cerimônia teve oração de dois pastores e um rabino

Fonte: Gospel Prime

O pastor Franklin Graham não estava pessoalmente na abertura da embaixada dos EUA em Jerusalém, mas escreveu sobre o assunto, classificando a cerimônia como parte do cumprimento de profecias sobre a cidade.

Muitos judeus e cristãos do mundo todo celebraram ontem (14) o 70º aniversário do restabelecimento de Israel. O ponto alto das festividades foi a abertura oficial da embaixada dos EUA em Jerusalém.

“70 anos atrás, o Estado de Israel foi restabelecido. Em cumprimento da profecia, Deus trouxe essa nação à existência, e os sustentará até o dia em que o próprio Senhor Jesus Cristo retorne para estabelecer Seu trono em Jerusalém conforme nos dizem as Escrituras”, afirmou Graham em seu perfil oficial no Facebook, onde tem quase sete milhões de seguidores.

“Acredito que seja significativo que os EUA tenham reconhecido formalmente Jerusalém como a capital de Israel e esteja transferindo a embaixada para lá”, acrescentou.

A postagem do presidente da Associação Evangelística Billy Graham teve quase 17 mil compartilhamentos e levantou um debate sobre o papel dos Estados Unidos no plano de Deus para as nações.

Menção às profecias

Graham não é o único a ligar a cerimônia de ontem com profecias sobre a Cidade Santa, os dois pastores evangélicos e o rabino que fizeram orações de dedicação lembraram de passagens bíblicas.

John Hagee, pastor da Igreja Cornerstone no Texas e fundador do ministério Cristãos Unidos por Israel, fez o encerramento da cerimônia. Ele citou várias passagens bíblicas, lembrando as promessas de Deus para Jerusalém feitas pelos profetas do Antigo Testamento.

“Nós te agradecemos pelo Estado de Israel, a tocha solitária da liberdade no Oriente Médio, que vive e prospera por causa de seu amor eterno pelo povo judeu”, afirmou Hagee.

“Jerusalém é a cidade onde o Messias virá e estabelecerá um reino que não terá fim”, lembrou. “Que seja anunciado ao mundo hoje que Jerusalém vive… Que cada terrorista islâmico escute essa mensagem: Israel vive. Que seja ouvida na sede das Nações Unidas e no palácio presidencial do Irã e a todos os homens: Israel vive”, anunciou, encerrando com as palavras: “não pestaneja nem dorme aquele que guarda Israel… Quem pode dar um aleluia?”.

Profecias são mencionadas durante inauguração da embaixada em Jerusalém

A cerimônia da abertura da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, realizada nesta segunda-feira (14) atraiu a atenção do mundo todo. O evento foi transmitido ao vivo para milhões de pessoas por canais de TV de vários países e pela internet, incluindo o perfil oficial da Casa Branca nas redes sociais.

Entre os muitos discursos e agradecimentos a políticos e personalidades, chamou a atenção o tom religioso usado. Parece ser algo natural, dada a proeminência da cidade de Jerusalém, mencionada mais de mil vezes na Bíblia, seja pelo seu nome ou um de seus equivalentes, como “Sião”.

Estiveram presentes dois pastores evangélicos e um rabino, que fizeram orações de dedicação e pediram a bênção de Deus. O primeiro a falar foi Robert Jeffress, da Primeira Igreja Batista de Dallas e um conhecido apoiador do presidente Donald Trump desde a campanha de 2016.

Jeffress mencionou durante a oração a promessa bíblica do “Deus de Abraão, Isaque e Jacó” que Israel seria instrumento de bênção para todas as nações. “Olhando para a história, vemos Israel, acima de tudo abençoou o mundo apontando para ti, o único Deus verdadeiro, pela mensagem de seus profetas, pelas Escrituras e pelo Messias”, afirmou.

O pastor mencionou o cumprimento de profecias sobre a restauração de Israel em 1948, após quase dois mil anos deixando de ser contada entre as nações. Encerrou citando Salmo 122:6-7: “Oramos pela paz de Jerusalém, pois prosperarão aqueles que te amam. Haja paz dentro de teus muros”.

Considerando o grande número de judeus no evento, incluindo alguns dos principais rabinos do país, chamou a atenção o fato de ele encerrar dizendo “em nome do Príncipe da Paz, o nosso Senhor Jesus Cristo”.

O rabino Zalman Wolowik orou para que mais nações mudem suas embaixadas em breve. Citou ainda o profeta Zacarias, lembrando que a humanidade deveria “amar a verdade e a paz”, lembrando que reconhecer Jerusalém como capital é a verdade e que o desejo do povo judeu é viver em paz na sua terra.

Quando o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu subiu ao palco, afirmou que a história estava sendo feita com a inauguração da embaixada. “Em Jerusalém, o rei Davi estabeleceu nossa capital três mil anos atrás. Aqui o rei Salomão construiu o nosso Templo, que ficou de pé por séculos e foi reconstruído pelos que voltaram do exílio na Babilônia… Estamos em Jerusalém para ficar!”, declarou.

Após vários outros discursos, o pastor John Hagee, do ministério “Cristãos Unidos por Israel”, encerrou a cerimônia com uma oração. Ele citou várias passagens bíblicas, lembrando as promessas de Deus para Jerusalém feitas pelos profetas do Antigo Testamento.

“Nós te agradecemos pelo Estado de Israel, a tocha solitária da liberdade no Oriente Médio, que vive e prospera por causa de seu amor eterno pelo povo judeu”, afirmou Hagee.

“Jerusalém é a cidade onde o Messias virá e estabelecerá um reino que não terá fim”, lembrou. “Que seja anunciado ao mundo hoje que Jerusalém vive… Que cada terrorista islâmico escute essa mensagem: Israel vive. Que seja ouvida na sede das Nações Unidas e no palácio presidencial do Irã e a todos os homens: Israel vive”, anunciou, encerrando com as palavras: “não pestaneja nem dorme aquele que guarda Israel… Quem pode dar um aleluia?”.


Da Redação/AD Alagoas
[email protected]

Galeria de Fotos
  • Franklin Graham fala sobre abertura da embaixada em Jerusalém: “profética”

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria
Cadastro Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.
Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais