12 de novembro de 2019
Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

AD Alagoas / Lições Bíblicas

02/11/2019

LIÇÃO Nº 5 – A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL

Comentário da lição bíblica para o fim de semana com Pr. Jairo Teixeira Rodrigues


Texto: 1 Samuel 8.4-7; 10.1-7

INTRODUÇÃO:

Apesar de DEUS, em sua presciência, já saber que o povo pediria um rei. Ele não desejava que Israel tivesse um rei. DEUS considerou que o povo não queria Seu governo sobre Ele. Por isso mesmo exigiu que Ele mesmo escolhesse o rei, para que não colocassem um estrangeiro sobre eles. Também DEUS fêz exigências ao rei que colocaria sobre Israel, uma delas, ler todos os dias a Palavra de DEUS. “Quando entrares na terra que te dá o Senhor teu Deus, e a possuíres, e nela habitares, e disseres: Porei sobre mim um rei, assim como têm todas as nações que estão em redor de mim; Porás certamente sobre ti como rei aquele que escolher o Senhor teu Deus; dentre teus irmãos porás rei sobre ti; não poderás pôr homem estranho sobre ti, que não seja de teus irmãos. Porém ele não multiplicará para si cavalos, nem fará voltar o povo ao Egito para multiplicar cavalos; pois o Senhor vos tem dito: Nunca mais voltareis por este caminho. Tampouco para si multiplicará mulheres, para que o seu coração não se desvie; nem prata nem ouro multiplicará muito para si. Será também que, quando se assentar sobre o trono do seu reino, então escreverá para si num livro, um traslado desta lei, do original que está diante dos sacerdotes levitas. E o terá consigo, e nele lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer ao Senhor seu Deus, para guardar todas as palavras desta lei, e estes estatutos, para cumpri-los; Para que o seu coração não se levante sobre os seus irmãos, e não se aparte do mandamento, nem para a direita nem para a esquerda; para que prolongue os seus dias no seu reino, ele e seus filhos no meio de Israel. “(Deuteronômio 17:14-20)

Antes de tomar uma decisão, o crente precisa buscar a orientação de Deus, para que não venha a sofrer dolorosas consequências.

I-POR QUE A MONARQUIA?

1. Um sentimento de orgulho nacional (8.4,5)

1.1. Deus chamou Israel para ser líder espiritual do mundo (1Cr 17.21; Jo 4.22)

1.2. O desvio de Israel originou-se na sua desobediência a Deus

. Os israelitas só buscavam a Deus em tempos de crises.

. O orgulho nacional os levou a pedir um rei

1.3. Israel escolheu um modelo monárquico para a nação

. Rejeitaram o modelo de Deus que era os juízes

. Rejeitaram a Samuel

. Escolheram uma política humana

1.4. Não podemos esquecer que a vocação da Igreja é espiritual (Jo 8.36)

. Não devemos imitar as instituições terrenas

2. O fracasso dos filhos de Samuel.

2.1. Na visão dos anciãos a nação estava fracassada

. A arca da Aliança não estava mais com o povo

. Havia ameaças constantes dos filisteus

. Os filhos de Samuel não andavam em caminhos retos

. Não há erro em que os filhos devam substituir o pai, mas, devem ter chamada (1Tm 3.1-7; Tt 1.5-9)

2.2. Com todos esses problemas o pedido dos anciãos foi aceito.

3. Rejeitando os planos de Deus (10.6,7).

3.1. Escolher a monarquia, naquele contexto, era rejeitar o propósito divino.

3.2. No tempo certo Deus daria um rei, pois, Ele conhece tudo (Dt 17.14)

3.3. Não podemos perder a visão de que é Deus quem dá os líderes (Mt 9.38; Lc 10.2)

II – A ESCOLHA DE SAUL COMO REI

1. Por que Saul?

1.1. Quando lemos o livro de 1 Samuel, logo percebemos que o foco do autor sagrado é Davi, e não Saul.

1.2. Por que o foco da narrativa caiu sobre Saul?

. Primeiro: Ele foi ungido por Deus

. Segundo: Ele reinou indiferente aos mandamentos divinos

. Terceiro: O propósito do autor sagrado é contrastá-lo com Davi

2. A unção de Saul por Samuel (10.1)

2.1. Alguns detalhes devem ser destacados

. Samuel o beijou em sinal de afeição e admiração pessoal

. A unção era feita com azeite de oliva

. A cerimônia simbolizava a investidura divina para o exercício do cargo.

2.2. Hoje, os separados têm a unção do Espírito (Ef 4.11-14)

. São separados não com azeite, mas, imposição de mãos do presbitério (1Tm 4.14; 2Tm 1.6)

3. Os sinais de confirmação da unção (10.2-7).

3.1. Três sinais confirmaram a unção de Saul como o rei de Israel

. Saul encontra as jumentas perdidas de seu pai (representava o trabalho que o rei teria)

. Ele encontra três homens no Monte Tabor, um levando três cabritos, outro, três bolos de pão, e o outro, um odre de vinho; (representava o sustento divino para a tarefa de Sal)

. A capacidade de profetizar pelo Espírito de Deus. (representava que o rei reinaria sob o Espírito de Deus e, assim, salvaria Israel de seus inimigos)

3.2. Aquele que é chamado pelo ministério:

. Precisa aplicar-se ao trabalho (Jo 5.17);

. Precisa sustentar-se pelo alimento sagrado, a Palavra de Deus (Dt 8.3; Mt 4.4)

. Precisa estar cheio do Espírito Santo (Ef 5.18).

CONCLUSÃO:

DEUS sempre cuidou de Israel; deu-lhe mandamentos, escolheu lideranças para representá-lo em momentos ímpares, fez com que o povo se arrependesse e se voltasse para Ele muitas vezes. Agora, não seria diferente. O Senhor não se afastaria da nação. Se originalmente esta não era a vontade de DEUS, o Criador usaria esse modelo para guiar o seu povo. Ele já preparara um rei segundo o coração dEle (1 Sm 13.14).

Neste novo modelo, a liderança seria centralizada na pessoa do rei; sacerdotes e profetas representariam o conselho de DEUS para o governo monárquico. Assim, o Altíssimo conduziria o seu povo pela história.

POR QUE A MONARQUIA? Por um sentimento de orgulho nacional (8.4,5). Devido ao fracasso dos filhos de Samuel. Os israelitas, com isso, estavam rejeitando os planos de DEUS (10.6,7).

A ESCOLHA DE SAUL COMO REI - Saul foi escolhido de acordo com o desejo do povo. Alto e Bonito. A unção de Saul por Samuel (10.1) foi dada com um beijo e óleo sobre suaa cabeça. Aconteceram sinais de confirmação da unção (10.2-7).

O REI QUE O POVO ESCOLHEU - Foi uma escolha pautada na aparência, nas suas habilidades e não na direção de Deus. Antes de tomar  uma decisão, o crente precisa buscar a orientação de Deus, para que não venha a sofrer dolorosas consequências depois. Que Deus nos ajude.



O conteúdo e as opiniões expressas são de inteira responsabilidade de seu autor.

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria

Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Templo Sede
Av. Moreira e Silva, nº 406, Farol

 

Horário de Cultos

Aos Domingos 09:00h - Escola Dominical

Aos Domingos 18:30h - Culto Evangelístico

As Terças-feiras 18:30h - Culto de Doutrina

As Sextas-feiras 18:30 - Culto de Oracão

Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais