13 de dezembro de 2018
Siga-nos nas redes sociais Facebook Twitter Instagram

AD Alagoas / Lições Bíblicas

03/08/2018

Lição 6- Doutrina do Culto Divino

Comentário da Lição Bíblica para o fim de semana com Pr. Jairo Teixeira Rodrigues


Texto: Levítico 9.1-14

Introdução: O culto levítico estava fundamento na doutrina divina, o próprio Deus deu orientações expressas em relação à adoração. Na lição de hoje estudaremos a respeito da necessidade humana de adorar a Deus, também nos voltaremos para o culto genuinamente cristão, com destaque para a devoção pessoal e coletiva do crente. 

Tudo quanto existe pertence ao Senhor e ao Senhor deve ser consagrado, principalmente o nosso ser. 

E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.

Gênesis 1:27

No princípio criou Deus o céu e a terra.

Gênesis 1:1

Estas são as origens dos céus e da terra, quando foram criados; no dia em que o Senhor Deus fez a terra e os céus, Gênesis 2:4

Homem e mulher os criou; e os abençoou e chamou o seu nome Adão, no dia em que foram criados. Gênesis 5:2

Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas estas coisas. Isaías 45:7

Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente. Hebreus 11:3

Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas. Apocalipse 4:11

Envias o teu Espírito, e são criados, e assim renovas a face da terra. Salmos 104:30

Eis que todas as almas são minhas; como o é a alma do pai, assim também a alma do filho é minha: a alma que pecar, essa morrerá. Ez 18:4.

Qual é a essência do Culto Levítico? A essência do culto levítico é conduzir o crente a adorar a DEUS e a consagrar-lhe tudo quanto tem, porque tudo pertence ao Senhor, pois Ele tudo criou e tudo preserva.

Quais os três pontos doutrinários do Levítico? 

1) Tudo quanto existe foi criado por DEUS; 

2) sendo Ele o Criador de todas as coisas, somente Ele deve ser adorado; 

e 3) tudo quanto há deve ser consagrado ao DEUS Único e Verdadeiro. Como devemos ver a criação de todas as coisas? Segundo a teologia de Levítico devemos ver a criação como serva do Criador.

Como o Levítico vê os animais? Como criaturas do DEUS, que, bondosamente, os sustentam.

Qual a melhor oferta que podemos fazer ao Senhor? Um coração humilde e contrito.

SANTIFICAR - em tudo - corpo, alma e espírito. 1 Ts 5:23

Corpo - abrange jejum, vestuário, não fazer marcas no corpo, não fazer cortes no corpo (operações para aumentar bumbum, seios, etc...), vaidades em geral como pintura de cabelo, cosméticos, etc... Alimentação saudável e de acordo com a bíblia, ETC.... Ainda masturbação, prostituição, adultério.

Alma - Não assistir pornografia na internet,, na TV ou no cinema, Não ver revistas pornográficas, não adulterar só com os olhos, não cobiçar, Não ocupar a mente com coisas que não edificam, não fofocar pela internet, etc...

espírito - Não consultar mortos, horóscopo, cartas, tarô, profetas de quintal, feiticeiros, não ter ídolos do futebol, do cinema, das TV's, etc...

SANTIFICAR - se separar para DEUS

E, ouvindo o povo esta má notícia, pranteou-se e ninguém pôs sobre si os seus atavios. Êxodo 33:4 Porquanto o Senhor tinha dito a Moisés: Dize aos filhos de Israel: És povo de dura cerviz.

I – A TERRA É DO SENHOR

1. Deus é o criador dos Céus e da Terra

1.1. Deus é o criador (Gn 1.1)

1.2. O ensino através dos sacrifícios ao Senhor

. Nenhum ídolo deve ser honrado (Lv 19.4; Is 42.8)

2. Deus é o libertador de Israel

2.1. Em Levítico é confirmado que Deus é o libertador de seu povo

. A Igreja, também, deve abençoar a obra (2Co 9.7)

3. Israel é o templo de Deus

3.1. O ensino de Levítico era para conscientizar Israel de sua vocação divina (Lv 20.26)

3.2. Todo Israel era, e no futuro será, um templo de adoração ao Senhor (Lv 10.3)

. A glória do Senhor vinha sobre eles (Lv 9.23)

Qual é a essência do Culto Levítico? A essência do culto levítico é conduzir o crente a adorar a DEUS e a consagrar-lhe tudo quanto tem, porque tudo pertence ao Senhor, pois Ele tudo criou e tudo preserva.

Quais os três pontos doutrinários do Levítico? 

1) Tudo quanto existe foi criado por DEUS; 

2) sendo Ele o Criador de todas as coisas, somente Ele deve ser adorado; 

e 3) tudo quanto há deve ser consagrado ao DEUS Único e Verdadeiro. Como devemos ver a criação de todas as coisas? Segundo a teologia de Levítico devemos ver a criação como serva do Criador.

Como o Levítico vê os animais? Como criaturas do DEUS, que, bondosamente, os sustentam.

Qual a melhor oferta que podemos fazer ao Senhor?

II – OS ANIMAIS E OS VEGETAIS SÃO DO SENHOR

Por que os animais e os vegetais são do Senhor? Incentive a participação de todos os alunos. Eles são do Senhor porque Ele os criou. Mas como saber a verdade a respeito do relato da criação? Explique que o relato da criação não é uma alegoria. A narrativa da criação é um fato histórico, ou seja, algo que aconteceu exatamente como a Palavra de DEUS narra. Quando o assunto é a criação do universo, sabemos que existem várias teorias que tentam explicar a origem da vida, como por exemplo, a teoria do Big Bang e a teoria da Evolução. Porém, como crentes, sabemos que o universo e a vida não são produtos de uma evolução como alguns cientistas tentam afirmar ou o resultado da explosão de uma partícula. DEUS é o grande Criador. Ele Criou os animais e vegetais, por isso pertencem a Ele. Os israelitas precisavam ter a consciência de que o DEUS que eles adoravam no Tabernáculo era o único e que tudo foi criado por Ele. Enfatize também que os sacrifícios de animais apontavam para o sacrifício vicário de JESUS e que segundo a Bíblia de Estudo Pentecostal, “quando um sacrifício era oferecido com fé e obediência a DEUS, DEUS se aprazia no ato do adorador e, deste modo, outorgava ao penitente a graça e o perdão almejados”.

1. No Egito, os animais eram deuses

1.1. Não faziam distinção entre criador e criação

1.3. Adoravam o boi, o crocodilo, o falcão, etc. (Rm 1.25

1.4. Quando Deus pune o Egito com as dez pragas, estava mostrando quão inúteis eram aqueles deuses.

2. Os animais e a adoração a Deus

2.1. Ao contrário dos egípcios, os israelitas não se davam ao culto dos animais.

. Eles entregar os animais em sacrifício ao Senhor (Lv 1.2)

. Eles faziam distinção entre animais puros e impuros (Lv 11)

. Eles sabiam que os animais nãos são deuses e, sim, criaturas (Sl 104.14)

3. Os vegetais e a adoração a Deus

3.1. Algumas nações antigas idolatravam a natureza (1Rs 14.23)

3.2. Em Israel, os frutos da terra serviam para louvar e enaltecer a Deus (Lv 23.10)

III – O SER HUMANO É DO SENHOR

Cremos, professamos e ensinamos que o homem é uma criação de DEUS: ‘E formou o Senhor DEUS o homem do pó da terra e soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente’ (Gn 2.7). A palavra ‘homem’ no relato da criação em Gênesis 1 e 2 é Adam, que aparece depois como nome próprio do primeiro homem. O ser humano foi criado macho e fêmea: ‘E criou DEUS o homem à sua imagem; à imagem de DEUS o criou; macho e fêmea os criou’ (Gn 1.27). Trata-se de um ser inteligente e que foi capaz de dar nome aos animais; feito à semelhança de DEUS: ‘os homens, feitos à semelhança de DEUS’ (Tg 3.9); um pouco menor do que os anjos; coroado de honra e de glória e dotado por DEUS de livre-arbítrio, ou seja, com liberdade de escolher entre o bem e o mal. Mediante a graça, essa escolha continua mesmo depois da Queda no Éden: ‘Se alguém quiser fazer a vontade dele, pela mesma doutrina, conhecerá se ela é de DEUS ou se falo de mim mesmo’ (Jo 7.17). Mais de uma vez, Israel teve a liberdade de escolha quando foi chamado por DEUS. Podemos afirmar que nenhuma criatura foi feita como o homem, que é considerado a coroa da criação. Adão é o primeiro homem, e dele e Eva veio toda a geração dos seres humanos que vivem sobre o planeta terra” (SILVA, Esequias Soares da (Org.). Declaração de Fé das Assembleias de DEUS. 3.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2017, pp. 77,78).

1. O ser humano é a imagem de Deus

1.1. O ser humano é a imagem de Deus (Gn 1.26)

1.2. O jovem israelita era intimado a cuidar do seu corpo (Lv 20.7)

. Sem marcas ou tatuagem (Lv 19.28)

1.3. O ser humano deve agradar a Deus em sua maneira de ser, existir e pensar

2. A vida humana é sagrada

2.1. Um israelita não podia consagrar sua descendência aos ídolos (Lv 18.21)

. Ao Senhor Deus deve ser consagrada

3. O ser humano é servo adorador

3.1. Israel devia dedicar-se totalmente ao Senhor (Lv 1.2; 23.2)

. No serviço

. Nos sacrifícios

. Nas celebrações

. Na adoração

4. O sacrifício pacífico

4.1. O objetivo do sacrifício pacífico estava na gratidão (Lv 7.11-17)

4.2. O cristão oferece sacrifícios de louvor (Hb 13.15)

CONCLUSÃO:

A essência da teologia do Levítico continua válida ainda hoje. O Deus que exortou Israel à santidade requer, de igual modo, a nossa santificação (Lv 19.2; 1Ts 4.3). Deus busca adoradores e esses devem adorá-LO em Espírito e em Verdade (jo. 4.23,24). 

O culto cristão, diferentemente daquele israelita, não está alicerçado no lugar, mas na disposição espiritual, alicerçada no relacionamento com Deus, tendo a liberdade de chamá-lo de Pai (Mt. 6.9-13), de modo que temos ousadia para nos achegar ao trono da graça (Hb. 4.16). Por outro lado, não podemos desprezar a vida comunitária da igreja, deixando de se congregar como é costume de alguns (Hb. 10.25), pois Jesus se faz presente sempre que pessoas se reúnem em Seu nome (Mt. 18.20).



O conteúdo e as opiniões expressas são de inteira responsabilidade de seu autor.

Rádio Online

Ouça

Cadastro

Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.

Correspondente

Interaja com o Portal AD Alagoas e envie sugestões de matérias, tire suas dúvidas, e faça parte do nosso conteúdo.

participe »
Lições Bíblicas
Estudos Bíblicos
Correspondente - Enviar Matéria
Cadastro Cadastre-se e receba as últimas novidades do Portal AD Alagoas.
Facebook Twitter Siga-nos nas Redes Sociais